A angústia da Inter de Limeira!

Mais um domingo ensolarado e quente pelo interior paulista.

Dia da rodada final da segunda fase da Série B do Campeonato Paulista e dentre vários jogos, escolhemos ir até Limeira acompanhar uma das decisões desta fase.

O Estádio é o  Major José Levy Sobrinho, tradicional Limeirão, onde a Internacional manda seus jogos. O adversário do dia é o “CATS” (Clube Atlético Taboão da Serra).

Confesso que já acostumei com o horário dos jogos da série B, o domingo matinal já está tomado na minha agenda para ir aos jogos com a Mari.

Pelo movimento do lado de fora, achei que o campo estaria cheio, só depois me dei conta que estava rolando um evento de cowboys e que infelizmente, o povo boleiro de Limeira não era muita gente…

Essa é a realidade do futebol no interior paulista. Ao menos quem foi, foi para apoiar.

E lá estávamos nós…

Esse Estádio é magnífico. Não só pelo tamanho e pela beleza, mas principalmente pelo seu valor histórico. A vista também é muito boa…

Do lado “descoberto”, as organizadas da Inter ditavam o ritmo, cantando e apoiando o time, que precisava vencer a partida e ainda torcer por um tropeço do “Primeira Camisa” (time de São José) contra o Desportivo Brasil, em Jaguariúna.

Mais do que fazer sua parte, a torcida ainda tinha que ficar atenta ao radinho ouvindo as novidades do outro jogo.

O clima era de tensão total e para dar uma forcinha, a diretoria da Inter conseguiu começar o jogo com quase 20 minutos de atraso pela falta de um médico responsável.

O time da Inter começou vindo para cima, mas falhava nas finalizações.

Na parte coberta, com pouco mais de 25 minutos o pessoal também já não tinha mais unha para roer, tamanha era a ansiedade pela classificação. O placar era de 0x0, mesmo resultado do jogo em Jaguariúna.

Embora o time do Taboão já estivesse classificado, em momento algum eles deixaram de jogar com seriedade, dificultando a vida do time local.

Mas a verdade é que para ficar ainda mais bonito, o Estádio merecia um público maior…

E era bola na área, chutes de longa distância, pressão no árbitro… A Inter fazia de tudo para abrir o marcador e no mínimo fazer a  sua parte.

As bandeiras tremulando lembravam a importância do resultado não só para a torcida, mas para a cidade de Limeira.

E a galera da Internação seguia com a bateria lembrando o time que “TEMOS QUE VENCER!!!

Momento artístico, retratando a torcida, os trapos, holofotes e demais objetos que fazem parte do dia-a-dia de quem curte estádio.

Basta olhar para as instalações do Estádio que a lembrança faz-se presente: 1986, a Inter, campeã paulista.

O pessoal da Interror sabia que era parte importante do esquema tático no jogo e fez bonito. Os torcedores cantaram e apoiaram o time, fazendo valer o fator campo.

E se não bastasse a torcida das pessoas presentes, lá estava uma outra figuraça do Estádio: o cão “Neguinho’‘, com direito até a camisa do time.

O tempo ia passando e cada minuto fazia o nervosismo aumentar. Dali de cima víamos que a Inter não conseguia traduzir em gols o domínio em campo.

É sempre emocionante acompanhar a luta de um time e sua torcida por um objetivo. Que bom seria se conseguíssemos levar isso para outras áreas da vida…

A união é o ato de maior força entre as pessoas, independente da vitória. A Inter vivia mais um dia de fortes sentimentos com seus torcedores.

E o sol forte minava as forças de quem se envolvia com o jogo até a última das emoções…

A Mari até aproveitou pra pegar um bronze…

E no meio de tantos sentimentos, percepções e preocupações… Saiu o tão esperado gol da Inter! Festa no Limeirão…

Depois do gol, aproveitamos para bater papo com alguns torcedores e quando vimos, já estava terminado o primeiro tempo.

Aproveitamos para dar uma volta pelo Estádio e principalmente experimentar o Mega-Gelinho que eles vendem por lá, a R$2:

Aproveitamos também para conhecer melhor o “Neguinho”

No intervalo, não existe nenhum tipo de ação com os jovens torcedores, como vimos no domingo passado em Paulínia. Coincidência ou não, o número de crianças presentes no jogo foi pequeno. Ao menos, mulheres não pagaram pra entrar!

Fomos assistir ao segundo tempo na sombra e acho que não teríamos aguentado se tivéssemos ficado no sol.

Não só pelo calor do dia, mas pelo calor do jogo. Em Jaguariúna, o time do “Primeira Camisa” apertava o Desportivo Brasil, mas a grande dor aconteceria ali mesmo, no Limeirão.

Após bela jogada individual de um dos atletas do Taboão, a bola sobrou para o atacante visitante marcar e chegar ao empate.

O silêncio imperou por longos minutos…

A notícia do empate fez os jogadores da Primeira Camisa comemorarem, em Jaguariúna, mas a festa durou pouco. Minutos depois a Inter chegou ao seu segundo gol para delírio dos torcedores locais.

Dali pra frente, o jogo ficou morno. O Taboão aceitou a derrota e a Inter agradeceu.

As emoções agora estavam por conta do jogo de Jaguariúna. E o final em 0x0 foi mais comemorado que os gols da Inter. A combinação dava ao time de Limeira a classificação para a terceira fase da série B.

Agora é a hora do torcedor abraçar o time, esperamos retornar ao Limeirão e conferir um público maior, que é o que um time como a Inter merece.

Apoie o time da sua cidade.

8 Respostas to “A angústia da Inter de Limeira!”

  1. Lucas Dourado disse:

    compareça mais nos espetaculos da inter de limeira vc não vai se arepender firmeza mano interror ate o fim ta ligado po

  2. Afonso disse:

    Parabens pela matéria…eh sempre bem vindo!
    Ano que vem sairemos dessa ingrata divisão…

  3. Afonso disse:

    Parabens pela matéria!
    Logo sairemos dessa ingrata Divisão, e assim o público voltará ao Limeirão, que hj tem a terceira melhor média de público dessa divisão…
    Vaiii Leãoooo!!!

  4. REGI-INTERROR disse:

    SHOW DE BOLA CARA, PARABENS EXCELENTE INICIATIVA, BELISSINHAS FOTOS COMO SEMPRE,
    CONTINUE ASSIM FREQUENTANDO OS ESTADIOS SEJA ELES ONDE FOR, VOLTE QUANDO QUISER E VENHA CONHECER DE PERTO A GALERA DA INTERROR, VALEU ABRÇOS!!!

  5. GELA_INTERROR LIMEIRA disse:

    Vc´s tem feito um bom trabalho e otimas materias sobre o futebol dos times do interior que ultimamente andão esquecidos. Times estes que um dia ja esteveram entre os grandes a A.A.INTERNACIONAL apesar de estar onde esta é um deles e que ja conquistou um titulo inédito como o CAMPEÃO PAULISTA DE 1986 em cima de nada mais nada menos que o PALMEIRAS então e por isso que apoiamos a INTER ate o fim .
    O “NEGUINHO” se tornou um mascote diferenciado e domingo estaremos la novamente pra vibrar com mais uma vitória do leão da paulista como assim e conhecido por todos

    VAI LEÃOOOOOOOO…

  6. INTERROR disse:

    Como mais uma representante da INTERROR fico feliz com essa matéria, e feliz por não ter se esquecido da nossa INTER.
    A fase não é boa, mas qualquer apoio e manifestação está de bom tamanho.
    Continue assim, suas matérias são espetaculares!!!

    Sem mais

  7. Edinaldo disse:

    é isto ai,parabens pela força ao times do interior volte sempre este carinho é muito importante para times esforçados e guerreiro com a inter de limeira……


Deixe um comentário

*