149- Camisa do San Martin de Tucuman (Argentina)

A 149 a camisa de futebol do nosso blog volta à Argentina querida, graças ao amigo e palmeirense, Alan Rebellato, que embora seja natural de Cosmópolis, passou boa parte de 2012 vivendo em San Miguél de Tucumán, capital da província de Tucumán!

O time dono da camisa é o Club Atlético San Martín, que atualmente, disputa o Torneo Argentino A, equivalente à terceira divisão nacional.

Seu distintivo possui 11 listras (entre brancas e vermelhas) representando os 11 jogadores em campo.

A história do clube começou com o sonho de 14 “Pibes” da zona sul da capital, em 1909, reunidos em uma esquina do humilde bairro. Era a primeria vez que surgia um clube focado nas classes sociais mais humildes, na cidade. Mal sabiam eles que o time acabaria sendo símbolo de toda a província de Tucumán.

Começou a disputar torneios oficiais em 1916.

Em 1919, veio o primeiro título, do campeonato organizado pela Federação de Futebol de Tucuman.

Em 1939, sagrou-se  vice campeão da Copa da República.

Em 1944, tornaram-se a primeira equipe do interior a ganhar uma Copa, passando pelo Boca Juniors nas semifinais e derrubando o Newells Old Boys, na final por 3×1.

A partir de 1960, começa a disputar os torneios regionais, e em 1968, ingressa na AFA, participando pela primeira vez de um Campeonato Nacional. Nesse campeonato, venceria o Boca, em plena Bomboneira.

As bandeiras, fogos de artifício, os cantos e a torcida começaram a marcar as ruas de Tucuman colocando o futebol como ícone cultural.

Em 1982, conseguiu chegar até as quartas de final do campeonato nacional.

Em 1985, chega a terceira fase.

Na temporada de 1987/88 fez história ao se classifciar dos regionais ao torneio da Zona Noroeste, da qual saiu campeão, obtendo assim vaga para a fase final, que daria acesso ao campeão para a primeira divisão. E o San Martín venceu, conquistando o segundo acesso, na mesma temporada.

Na temporada seguinte, novamente bateu o Boca, por apenas 6×1. Mas, mesmo assim, o time acabou rebaixado para a segunda divisão.

O retorno à primeira divisão só se daria em 1992. Mas, já em 1993, voltaria ao Nacional B.

Em 2001, caiu para o Argentino A (terceira divisão) e na temporada seguinte, outro rebaixamento leva o time à Liga local.

A volta por cima começou em 2005, quando venceu o Torneio Argentino B.

Em 2006, venceu o Clausura do Torneio Argentino A.

Venceu a Segunda Divisão Argentina, o Torneo Nacional B na temporada 2007/2008.

Mas, na temporada 2008/2009, acabou rebaixado para a Primeira B Nacional.

Esse foi o time que disputou o campeonato de 2010/2011 e que caiu para a atual série do Argentino A, ou terceira divisão:

O time mandou seus jogos em vários locais. O primeiro (onde está atualmente o Hospital de Niños) era chamado de “A praça dos burros”, porque era comum ver os animais pastando no local. A partir de 1916, passou a mandar seus jogos no campo onde atualmente está a sede do Club Central Córdoba. Ainda usaria um terceiro estádio, sem alambrados e que ficaria conhecido pelas encrencas que tinham que ser resolvidas pelos seguranças… Mas, como se vê, a torcida sempre teve um lugar para chamar de “casa”.

Atualmente, manda seus jogos no Estadio de San Martín, no bairro de La Ciudadela.

Seu maior rival é o Club Atlético Tucumán, com o qual disputa o Clásico Tucumano. A cerveja Norte chegou a ter dois rótulos (um para cada torcida) circulando por Tucumán.

Saiba mais sobre o time em: www.clubatleticosanmartin.com

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Deixe um comentário

*