Estádios do Oeste Paulista: 4 e 5- Birigui

Saímos de Penápolis (veja aqui como foi) e rumamos à Birigui, uma cidade muito bacana, desenvolvida e que tem na indústria do calçado sua maior riqueza!

Demos um role pela cidade pra conhecer um pouco do lugar. Aqui é a antiga rodoviária, atual concentração de comércios:

Outra tradição das cidades do interior são as igrejas, normalmente muito bem cuidadas:

Para aqueles que gostam de esportes, a cidade de Birigui estava participando do “Dia do Desafio”, contra a cidade de Pococi, de Costa Rica, e venceu a disputa com ampla vantagem.

Falando de futebol, nosso destino era conhecer a casa do Bandeirante (já escrevemos sobre o time, clique aqui e veja o post), o Estádio Municipal Pedro Marin Berbel, o “Pedrão”.

O estádio fica numa região um pouco distante do centro, mas de fácil acesso.

Eu gosto de ver os distintivos dos donos do Estádio (ou mandantes) espalhados pelos portões e muros.

O Estádio Municipal Pedro Marin Berbel é bastante imponente e mais uma grata surpresa. Tudo muito bem cuidado e muito bonito. Taí a Mari na bilheteria!

Vamos dar uma olhada lá dentro!

O “Pedrão” tem capacidade para mais de 10 mil pessoas.

O Estádio tem uma vasta arquibancada.

O campo foi inaugurado em 3 de junho de 1983, em uma partida entre o Bandeirante e o Botafogo de Ribeirão Preto. O time visitante venceu por 2 a 1.

O terreno foi doado pela prefeitura e originalmente, se chamaria “Estádio Municipal de Birigui”, porém, em 1981 o prefeito Pedro Marin Berbel, que estava no poder na épóca da sua construção, ganhou sua homenagem.

Sem dúvida, ficamos com muita vontade de voltar para assistir um jogo no “Pedrão”!

Outra grata surpresa foi ter encontrado nada menos do que o próprio presidente do clube, Celso Luiz Aguiar.

Por incrível que pareça, ele estava por ali, andando pelas arquibancadas, fazendo planos e sonhando com o melhor futuro do time.

Ali acima, as cabines para as equipes de jornalismo.

Olha o banco de reservas ali!

Outra coisa que tem ganho importância e tem sido cada vez mais respeitado nos estádios: a área para cadeirantes. Bacana a iniciativa!

Olha que legal essa vista que mostra o arco das arquibancadas. Dá pra ver como é grande o estádio!

Fiz uma foto panorâmica também, olha só:

O que deu tristeza foi ter que ir embora sabendo que no dia seguinte, teríamos um jogão entre o BEC e o Tanabi, ali no Pedrão…

Hora de ir embora. Mas antes de deixar a cidade, temos mais uma missão. Como dissemos, o “Pedrão” foi construído na década de 80, então, onde o Bandeirante mandava seus jogos antes?

No Estádio Roberto Clark! E aí está ele!

A boa notícia é que o campo continua lá. A má é que o clube não tem verba para conseguir fazer a manutenção adequada.

Olha a bilheteria aí:

Vamos tentar entrar e dar uma olhada? Hmmm… Problemas, o portão está trancado com cadeado…

Mari, mas e aquele buraco na grade? Vamos tentar?

Ok… Imagens tristes para quem ama o futebol e sua história. Tem uma cerca “fechando” o acesso à arquibancada.

O gramado até está bem cuidado.


Mas a arquibancada, que já recebeu tantos torcedores…

Fizemos um vídeo lá dentro, mas acabou não dando certo, então fizemos um novo, numa versão “em movimento”, olha aí:

Não vamos ser levianos de criticar a gestão do clube pelo atual estado do Estádio Roberto Clark, sabemos que não é fácil, nem barato cuidar de um campo, mas que seria legal alguma acão, de repente até com o envolvimento da torcida, nem que seja pra dar uma capinada no mato…


Fomos embora, admirando o bonito horizonte da cidade (a foto abaixo mostra o horizonte de Araçatuba), felizes por conhecermos mais dois estádios, tão importantes para a história do futebol no Brasil.

 APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

não faça como o Ricardo, lá de Birigui, fez com seu amor…

4 Respostas to “Estádios do Oeste Paulista: 4 e 5- Birigui”

  1. Roberto Rocha disse:

    Po se eu soubesse que você ia e, Birigui pediria pra vc pegar a camisa do BEC com a diretoria.

    comprei a camisa em ” 2010 ” e até agora não me entregaram

  2. […] vamos para a próxima cidade! Depois de visitar Birigui e conhecer os estádios locais, fomos à cidade vizinha: Araçatuba e suas belas […]

  3. Fabricio disse:

    Olá, ótimo trabalho, parabens pelo blog e pela INICIATIVA. Realmente , esta história merece valor. Só uma leve observaçao, a cidade no horizonte é a de Araçatuba,e não Birigui. Obrigado e Abrax


Deixe um comentário para Estádios do Oeste Paulista: 6- Araçatuba – As Mil Camisas

*