Em busca do estádio perdido em Aparecida

DSC00317

E lá vamos nós para mais um estádio do interior paulista.

A bola da vez é a cidade de Aparecida, na região leste do estado de São Paulo, onde vivem pouco mais de 35 mil pessoas.

Bastante conhecida pelo turismo religioso, já que a cidade cresceu em torno da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, encontrada por pescadores em 1717.

A cidade possui duas basílicas para onde boa parte dos times e torcedores viajam pagando suas promessas de acesso, títulos e glórias. Por esses e outros grupos, o local é atualmente o maior centro de peregrinação religiosa da América Latina.

Mas, Aparecida também já contou com um time de futebol disputando as competições oficiais da Federação Paulista: o Aparecida Esporte Clube, o Furacão do Vale!

O Aparecida mandava seus jogos no Estádio Municipal Comendador Vicente de Paula Penido, anteriormente chamado de Estádio Municipal 17 de dezembro.

O Estádio tem capacidade para 5 mil torcedores, e já foi palco de disputas da série A2, A3 e B (na época com outras denominações), entre os anos de 1956 e 1996.

DSC00325

O time nasceu em 1965 (vale lembrar que antes dele existia o Esporte Clube Aparecida, original de 1955), e passou a disputar as competições profissionais a partir de 1965. Em 1967 subiu para a série A3, e em 1982 para a A2, onde ficou até 1987.

Esse era o time em 1982:

Em 1988, acabou rebaixado de volta para a “terceirona” e decidiu paralisar suas atividades no futebol profissional.

Aqui, mais um time do início dos anos 80.

Em 1995, o time retornou às competições, mas sua volta se resumiu a dois anos na série B do Paulista.

Pra quem gosta de histórias de arquibancada, recomendo o texto no blog luciomdiastextos.blogspot.com.br que narra um pouco das “guerras campais” que aconteciam quando o extinto e saudoso time do “Furacão do Vale” jogava, com incríveis brigas entre a torcida local e seus rivais, entre eles o time do Cruzeiro, da cidade homônima, o Jacareí e a Esportiva de Guaratinguetá. A fanática torcida local chamava-se  “Explosão do Furacão”.

Na década de 90 a Federação Paulista criou a Copa Vale, disputada por todas as equipes do Vale do Paraíba. Em sua primeira edição, o Aparecida chegou à final contra a forte equipe do São José. Na primeira partida no Estádio Penidão, derrota por um a zero num lance onde o zagueiro tentou recuar a bola para o goleiro e ela caprichosamente parou numa poça d’água, já que choveu muito antes da partida, e o atacante fez um a zero. No jogo de volta,  outra derrota e o São José foi campeão.

Aqui, algumas fotos da nossa visita:

DSC00324

DSC00327

A chegada é por uma série de ruazinhas próximas ao SAE da cidade.

DSC00322

O time teve um grande craque: o centroavante Márcio Heleno. Dizem que a cidade simplesmente parava em dias de jogo do Aparecida para ver os gols do atacante baixinho e gordinho, que foi trazido ao time pelo também lendário treinador Lalí.

Márcio Heleno ostenta o título de Maior Artilheiro do Brasil no ano de 1982, isso contando todos os campeonatos de todas as divisões do Brasil naquele ano, superando até mesmo o craque Zico, artilheiro do carioca daquele ano.

Em 23 de setembro de 2014, o artilheiro se despediu dos gramados da vida.

Algumas imagens antigas do Estádio:

 

Pudemos adentrar ao estádio e fazer umas imagens lá de dentro:

DSC00328

DSC00329

DSC00330

DSC00331

DSC00332

E navegando pela Internet encontrei essas imagens no blog aparecidaantiga11.blogspot.com.br do uniforme que o time utilizou em 1984num amistoso contra o São Paulo que terminou em 0x0.

Infelizmente, o time não parece ter planos para voltar a disputar competições oficiais…

DSC00333

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!

5 Respostas to “Em busca do estádio perdido em Aparecida”

  1. Davi disse:

    Fala Mau! Que bacana finalmente ver aqui a história desse estádio. No fim de 2014 estive em Aparecida, fui na torre da catedral e de lá vi o estádio. Na mesma hora lembrei do blog, já querendo ver sobre o estádio por aqui. Foi engraçado, bati o olho e pensei: Blog As Mil Camisas hahaha. Talvez eu ainda tenha a foto lá de cima. Abraço!

  2. Ricardo Bittencourt disse:

    Cheguei a chorar quando vi estas fotos de ver meu primeiro time do coração eu estive nesta final contra o São José nunca vou me esquecer.

  3. solito alves disse:

    adorei sua materia , e conesso foi primeiro clube que joguei contra profissional,
    eu tenho honra de ajudar voltar clube , conte comigo, 11 963668979 zap abs

  4. bugrao_78 disse:

    lembro desse clube, tinha essa camisa listrada, parcia o xv mas a tv era em preto e branco, time tradicional da época em que a serie A2 era cheia de clubes e muito difícil…tinha palmeiras de sao joao da boa vista, pinhalense, usinasj, corinthians de PP,saudade dessa época legal de futebol onde o interior tinha muita torcida e tudo sem brigas


Deixe um comentário

*