92- Camisa do Tigre (Argentina)

A 92ª camisa da coleção foi conseguida em mais uma loja de Buenos Aires, na minha viagem do carnaval de 2010.

O time dono da camisa é o Clube Atlético Tigre.

Até chegar nessa camisa, o clube passou por várias outras.

O time foi fundado em 1902 e manda seus jogos no Estádio Dom José Dellagiovanna, o “Coliseu de Victoria”, com capacidade de 30.000 pessoas:

Conquistou 9 títulos das divisões de acesso em sua história.

O time nasceu no Partido de Tigre, sob o nome de Clube Atlético Juventude do Tigre e desde então tem colorido de azul e vermelho as canchas argentinas.

Seu início foi marcado por partidas amistosas e torneios regionais.

Em 1912, sagrou-se Campeão de Intermedia e foi à primeira Primeira Divisão. Foi o primeiro título do Tigre.

Assim, em 1913 estréia na primeira divisão, e também inaugura seu primeiro estádio, o campo do “Lechero Afogado“.

O apelido veio porque num dia de cheia do rio, alguns torcedores usavam uma carroça de leiteiro como transporte e acabaram caindo no rio. Mas não se afogaram, fique tranquilo…

Ainda em 1913, o time fez história ao disputar a primeira partida internacional de um clube argentino, conta o Central Montevideo, no Uruguai.

Um dos primeiros ídolos do time foi Bernabé Ferreyra, que marcou época na década de 20 e 30.

Em 1931, o Tigre foi um dos 18 times que ajudam a criar a era do futebol profissional na Argentina, é nessa época que ganha o apelido de “A Feroz“.

Em 1937, chega ao time aquele que seria seu maior artilheiro, Juan Andrés Marvezzi.

Após ser rebaixado em 1943, conquista em 1945 o campeonato da Segunda divisão.

A partir daí a história do clube é marcado por descensos (1950, 58, 66, 68, 70 e 80 ) e acessos (1953, 60, 67, 71, 79) com os títulos de 1953 e 1979, quando bate todos os recordes de arrecadações da categoria. O time de 1953:

E o de 1979:

Aliás, foi na década de 70, que começou a ser uma tendência a torcida do Tigre encher o campo. Nos anos 70 nasce a amizade com a torcida do Morón, graças a um incidente com a polícia que acaboiu unindo os dois lados em “un solo corazón”.

É nessa época que chega ao time um outro herói, Raúl da Cruz Chaparro.

A década de 80 mexeu com o futebool argentino.

Em 1982, o San Lorenzo de Almagro desce a Primeira “B” e o jogo entre as duas equipes bate o recorde de público na segunda divisão: mais de 74 mil presentes pessoas.

Em 1984 foi a vez do Racing jogar a segunda divisão e enfrentar o Tigre por duas vezes (dois empates).

Os anos 90 trouzeram um novo ídolo: Adrian Arana!

E mais um título da Primeira B, em 1994 com o time:

Dois anos depois voltaria para a Primeira B, e em 1998 subiu para o Nacional “B”.

Nos anos 2000, destacou-se o time de 2004/2005, com o qual foi campeão do Apertura (2004) e do Clausura (2005), com o time:

E em 2006, depois de 27 anos fora da Primeira Divisão, o Tigre regressa ao seu lugar, com o Torneio Reduzido do Nacional B.

Na temporada 2007/2008, sagra-se vice campeão, classificando-se para a Copa Sulamericana 2009.

O time de 2009:

E no ano seguinte, a segunda posição se repete.

Atualmente segue na parte intermediaria da tabela, mas o amor de sua hinchada segue…

O site oficial do time é www.catigre.com.ar

Apoie o time da sua cidade!

Uma resposta to “92- Camisa do Tigre (Argentina)”

  1. […] divisao e quebrou todos os recordes de venda de ingressos, destaque para a partida contra o Tigre, no estádio do River, que levou ao campo mais de 75 mil […]


Deixe um comentário

*