O futebol em Mairiporã

Brasão Mairiporã

Embora seja muito grande, a chamada Região Metropolitana de São Paulo é algo que nos dá a idéia de proximidade… Mas são tantas as cidades que as vezes a gente acaba deixando pra depois e depois…

Esse era o caso de Mairiporã, que finalmente tivemos a chance de conhecer!

mairiporã

A gente deu uma paradinha na cidade na volta de um rolê pra Atibaia, onde fomo ver a comemoração do aniversário do Grêmio Atibaia.

Grêmio Esportico Atibaiense

Mairiporã é uma palavra que vem do Tupi e significa algo como “água bonita do franceses”, atualmente é a casa de cerca de 105 mil pessoas e está encravada na Serra da Cantareira (considerada Patrimônio da Humanidade). É ali que se encontra a linda represa de Mairiporã, alimentada pelo rio Juqueri!

Represa de Mairiporã

A história da cidade se inicia no século XVII com a capela de Nossa Senhora do Desterro, que deu origem ao povoado de Juqueri, que servia de proteção à vila de São Paulo de Piratininga e de ponto de apoio às rotas para o interior.

O povoado foi elevado à freguesia, e depois à Vila, adentrando o século XVIII como uma região agrícola, que ganharia impulso com a chegada de centenas de famílias japonesas formando uma importante colônia.

Comunidade japonesa em Mairiporã

Um ano antes de sua emancipação, a São Paulo Railway construiu a Estação do Juqueri (atual Estação Franco da Rocha). Abaixo imagem do incrível site “Estações Ferroviárias” que se dedica à história das ferrovias do Brasil.

Estação Juquery

Entretanto a instalação do Hospital Psiquiátrico do Juqueri e os abusos que ocorreram lá dentro, caracterizado para alguns como um verdadeiro holocausto manicomial acabou tornando Juqueri  um sinônimo desses maltratos. (Veja aqui uma das matérias, ou compre esse livro e veja o que foi esse absurdo).

Hospital Psiquiátrico de Juequeri

Para evitar essa correlação negativa, em 24 de dezembro de 1948, foi aprovada a Lei Estadual nº 233, permitindo a mudança do nome do município para o atual “Mairiporã“.

E lá estivemos para registrar o time que assim como a cidade, nasceu como como Juquery FC, em 6 de janeiro de 1922 (os escudos vieram do incrível blog: Escudos Gino), disputando nesse dia sua primeira partida.

Juquery FC

Em 7 de abril de 1929 há, na ata do clube, o registro de um amistoso contra o Rosário F. C., e o Juquery FC perdeu o 2º quadro por 2×0 e venceu o 1º quadro por 1×0.

O Juquery FC integraria os times do União Juqueriense FC e o “EC Juqueri“, adotando as cores laranja e azul como as cores oficiais do clube.

Juquery FC

Aqui, alguns registros do time em ação:

Juquery FC

Juquery FC

Juquery FC

Com a mudança do nome da cidade, em 15 de janeiro de 1949 o time fez o mesmo e passou a se denominar Esporte Clube Mairiporã.

Algumas fotos da fase inicial do time:

EC Mairiporã

EC Mairipora

EC Mairipora

Aqui, o time de 1958:

EC Mairiporã - 1958

 

Em 1961, o time chegou a jogar a final da região do Campeonato Paulista Amador, em pleno Pacaembú, perdendo por 3×0 para o São João FC de Atibaia, em 15/10/61.

Esporte Clube Mairiporã

Naquele ano, o Campeonato foi interrompido pela FPF, que declarou campeões os 18 clubes que permaneciam no torneio, naquela altura O EC Mairiporã poderia ser um deles…

Esporte Clube Mairiporã

Mas o destino guardava vôos mais altos, e em 1963, o EC Mairiporã passou a disputar a 3ª Divisão de Profissionais da Federação Paulista de Futebol, que apesar do nome, equivalia ao 4o nível do futebol paulista.

Veja pela página da Wikipedia os times que participaram dessa edição que teve o Bandeirante de Birigui como campeão:

Campeonato Paulista da terceira div isão 1963

As fotos abaixo não tem confirmação de data, mas parecem ser da época da disputa do profissionalismo:

EC Mairiporã

EC Mairiporã

EC Mairiporã

Em 1964 mais uma participação na 3a divisão, com o time abaixo:

EC Mairipora 1964

A Wikipedia tem uma página que mostra os 45 participantes daquele ano, que teve o São José EC como campeão:

Campeonato Paulista da Terceira Divisão 1964

Em 1965, não disputou o campeonato, retornando em 1966 em sua última participação, que teve como campeão o Ferroviário de Itú:

Campeonato Paulista Terceira Divisão 1966

O time chegou a liderar sua série, como se pode ver nesse lindo cartaz divulgando um jogo da época, contra o Cachoeira:

EC Mairiporã 1966

 

EC Mairipora

Em nossa visita fomos até a sede do clube, onde ficava o seu campo de futebol.

Esporte Clube Mairiporã

Seja bem vindo ao Esporte Clube Mairiporã!

Esporte Clube Mairiporã

Conseguimos entrar no clube para conhecer sua atual estrutura.

Esporte Clube Mairiporã

Ali está estampado, pra todo mundo ver: fundado em 1922!

Esporte Clube Mairiporã

O clube tem uma sede muito bonita, com direito a uma grande piscina!

Esporte Clube Mairiporã

O sol estava se pondo quando acabei de atravessar a área do clube e cheguei ao atual campo de futebol, que já não ocupa a mesma área, mas ainda está ali ao lado do rio:

Sem dúvida, um lugar incrível e histórico pra quem ama futebol. Aqui dá pra ver melhor o atual campo.

Aqui, a máscara impede a compreensão, mas sou apenas eu explicando que o campo mudou de lado cedendo área para a sua sede social.

Ali fica o bar e os vestiários.

Esporte Clube Mairiporã

A cidade já está bem próxima, como se pode ver por traz do muro azul que rodeia o campo:

Esporte Clube Mairiporã

Mais uma vez agradecidos pela oportunidade, nos despedimos de Mairiporã e do EC Mairiporã.

Esporte Clube Mairiporã

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Deixe um comentário

*