Rolê pelo velho continente 2014 – parte 1

Bom, já que conseguimos voltar à ativa no blog, nada melhor do que começar o ano com um post especial, retratando nossa passagem pela Europa, durante o final de 2013 e início de 2014.

berlin

A viagem começou com um imprevisto… Graças a um atraso do avião que nos levou à Barcelona, perdemos nossa conexão para Berlin e tivemos que passar a noite na capital Catalã.

E já que eu não visitei nenhum estádio desta vez, vou apresentar um que visitamos ano passado e até o momento não havia postado aqui, o Estádio Nou Sardenya. 

CE EUropa

É mais um estádio pra quebrar a ideia de que em Barcelona só existe o poderoso Barça, e seu rival Espanyol. Lembrando que já mostramos aqui o estádio e o time do Sant Andreu (veja aqui como foi).

O Estádio fica no bairro da Gracià na esquina da rua Sardenya com a Ronda del Guinardó.

Demos a sorte de poder acompanhar um treino dos caras!

CE EUropa1

O Club Esportivo Europa nasceu em 1907, e é um dos fundadores da Liga Espanhola de Futebol, tendo vencido a Copa da Espanha em 1923.

DSC01400

O legal é que o Estádio é no meio do bairro. Olha o que tem de prédio do lado…

CE EUropa

O treino começa igual aqui… Vamos correr, rapaziada! Mas repara como as arquibancadas estão bacaninhas. É que embora o time seja antigo, o Estádio é dos anos 90 e nele cabem cerca de 7 mil torcedores.

CE EUropa1

Não sei se dá pra reparar, mas a grama é artificial! E dizem que está será uma tendência muito utilizada no Brasil.

CE EUropa

Deve ser bacana ver jogo ali, atrás do goleiro rival…

CE EUropa1

Alguém ficou de castigo, tendo que treinar sozinho hehehehe

CE EUropa

Mais um belo estádio visitado de perto, com muito respeito e orgulho.

CE EUropa1

Porém, Barcelona tem ainda um outro estádio, além dos 4 já mostrados aqui.

Trata-se do Estádio Olímpico Luís Companys, também conhecido como Estádio Olímpico de Montjuic, construído para a Exposição Internacional de Barcelona de 1929, e reconstruído em 1989 para os Jogos Olímpicos de Verão de 1992.

DSC01190

Confesso que não me agradam os estádios que não atendem ao time (ou times) da cidade, parece-me que eles acabam sendo estádios sem alma… E depois que o Espanyol construiu seu estádio, este ficou apenas para a seleção.

DSC01191

Ainda que sejam muito bonitos e bem arranjados, sinto falta da energia que só o dia a dia de um clube pode oferecer.

DSC01188

O próprio nome já é  “espinhento” para mim, já que Luís Companys i Jover era um político da cidade.

DSC01185

O estádio tem capacidade para 56 000 torcedores.

DSC01182

O estilo é dos grandes. Arquibancadas espaçosas e distantes do campo.

DSC01180

Equipamentos de tecnologia de ponta, iluminação e cadeiras individuais.

DSC01179

E tem até um ar mais “artístico e cultural” que dificilmente encontramos em outros campos.

De Barcelona rumamos a Berlin, mas aí já é assunto para o próximo post…

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!

4 Respostas to “Rolê pelo velho continente 2014 – parte 1”

  1. […] revisitarmos inesperadamente Barcelona (veja aqui como foi), foi a vez de reencontrarmos Berlin (também já passamos por lá antes, veja aqui como […]

  2. […] brinde à sequência da nossa viagem! Quem acompanha o blog, sabe que passamos por Barcelona, Berlin, Varsóvia e finalmente chegamos à Praga, terra da cerveja e dos museus estranhos, como o […]

  3. […] epopeia por terras e estádios europeus vai se encaminhando para o final. Após passarmos por Barcelona, Berlin, Varsóvia, Praga, finalmente chegamos à bela cidade […]

  4. […] passarmos por Barcelona, Berlin, Varsóvia, Praga e Munique, enfim, nossa última parada: Dortmund, uma das cidades mais […]


Deixe um comentário

*