51- Camisa do E.C.Novo Hamburgo – RS

Camisa do E.C.Novo Hamburgo - RS

A 51ª Camisa de Futebol pertence ao Esporte Clube Novo Hamburgo, um clube que representa a tradicional cidade de Novo Hamburgo, destino de tantos imigrantes que rumaram para o Rio Grande do Sul, no passado.

Novo Hamburgo - RS

As cores do time são o branco e o azul anil, por isso o time é chamado por muitos de Anilado.

E.C.Novo Hamburgo - RS

As margens de completar 100 anos (escrevo em 2009), tendo passado por tantas lutas, o Novo Hamburgo orgulha-se de nunca ter fechado as portas do futebol, conquistando assim destaque e respeito entre torcedores e até rivais.

O times foi fundado em 1911, durante as comemorações do feriado de 1º de maio.

Funcionários da Fábrica de Calçados Sul-Riograndense montaram um time para a ocasão e lançaram ali a semente do Esporte Clube Novo Horizonte.

Cogitou-se chamar o time de “Adams Futebol Clube“, em homenagem a Pedro Adams Filho, dono da fábrica, mas preferiu-se um nome que mostrasse a força e a relação com a região onde surgia a equipe.

E.C.Novo Hamburgo - RS

A memória dos primeiros anos do time se mistura com a lembrança de uma época de um futebol romântico, cheio de histórias sobre amor à camisa e à cidade acima de tudo.

O apelido do time é “Nóia!” e é tão antigo quanto o próprio time e sua explicação é que ele vem da abreviação de “Novo Hamburgo”, misturado ao sotaque alemão.

Seu maior rival na época era o Esperança EC.

Em 1937, venceu o Campeonato Metropolitano, derrotando entre outros adversários, o Nacional, Renner, São José, Cruzeiro, Força e Luz, entre outras equipes.

Devido à Segunda Guerra Mundial o clube mudou seu nome para Esporte Clube Floriano. O nome Novo Hamburgo só voltaria no ano de 1968.

A década de 40 trouxe dois vice camperonatos estaduais ao clube. Um, em 1942 e outro em 1947.

E.C.Novo Hamburgo

Aliás, em 1947, o Nóia fez história e chegou a final do Campeonato Gaúcho enfrentando uma das maiores equipes formadas pelo Internacional, conhecida como “Rolo Compressor”.

A decisão teve um lance curioso. Aos 43 minutos do segundo tempo, o árbitro Miguel Sallabery assinalou um pênalti para o Internacional que somente ele viu, mas a penalidade não pôde ser batida porque a torcida anilada não permitiu a cobrança. O penalty só foi batido na outra semana, garantindo a vitória do colorado por 0x1.

No jogo de volta, em Porto Alegre, o Novo Hamburgo venceu o tempo normal por 1 x 2, mas perdeu a prorrogação por 1×0.

Até a década de 50, o Novo Hamburgo mandou seus jogos no Estádio do Taquaral.

Estádio dos Taquarais - E.C.Novo Hamburgo - RS

Em 1952 o time fez um excelente campéonato liderando um quadrangular histórico, formado por Grêmio, Inter e Pelotas .

O time mandou seus jogos no Estádio Santa Rosa, com capacidade para 13.000 pessoas. Esse estádio acabou vendido para o Centro Universitário Feevale:

Estádio Santa Rosa

Estádio Santa Rosa - Novo Hamburgo

Atualmente, manda seus jogois no Estádio do Vale, ainda em obras e com capacidade momentânea para 4.000 torcedores:

estadio do vale - E.C.Novo Hamburgo - RS

estadio vale - E.C.Novo Hamburgo - RS

Para ver fotos atuais, leia o post que escrevi na visita ao estádio!

O time foi considerado por muito tempo como a terceira força do estado. A cidade prosperava graças a indústria dos calçados e por causa delas, o mascote do Novo Hamburgo é o… Sapato!!

Atualmente os maiores rivais são o Aimoré, com quem faz o “Clássico do Vale” e o 15 de Novembro de Campo Bom (cidade vizinha).

Infelizmente, assim como ocorreu em várias cidades do Brasil, Novo Hamburgo cresceu, o mundo mudou e para desespero dos apaixonados pelo futebol a proximidade com a capital gaúcha, roubou as atenções socias, culturais e esportivas, algo muito parecido com o que ocorreu na região onde vivo, o ABC.

Aos poucos, a cultura germânica, predominante da cidade deu lugar à cultura “moderna” da grande cidade e é cada vez maior o número de torcedores que moram em Novo Hamburgo e torcem para Inter ou Grêmio.

O principal jornal do estado gaúcho cobre os dois times da capital e exlcui de suas páginas os times de outras cidades. Sem o apoio da sua imprensa, os investimentos começam a diminuir.

E é nesse triste cenário que o sobrevive, com alma guerreira revertendo as adversidades que lhe são impostas dentro e fora de campo.

Heroicamente ainda existe gente que crê na volta do Novo Hamburgo, transformando a cidade em terra anilada novamente.

Ainda assim, existem muitas organizadas em torno do time, como a Fogo Anil (www.fogoanil.blogspot.com/), Mancha Anil, Geral do Nóia, Barra Anilada, entre outras.

torcida_noia - E.C.Novo Hamburgo - RS

O time conta com um canal no youtube divulgando seus vídeos, veja em: www.youtube.com/ECNovoHamburgo .

Das conquistas recentes, fica o sabor da Festa no jogo final da Copa Emídio Perondi 2005, onde o Nóia venceu o Brasil por 3 a zero.

E a conquista da Copa RS com o empate em cima do Ulbra, confira o gol:

Para maiores informações, o site oficial do time é www.ecnh.com.br/, e o blog da torcida fogo anil é www.fogoanil.blogspot.com/

Para terminar, que tal curtir um pouco da arquibancada com o pessoal da Torcida Fogo Anil?

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!

17 Respostas to “51- Camisa do E.C.Novo Hamburgo – RS”

  1. Dênis disse:

    O novo estádio do Nóia fica do lado da minha ‘ex-casa’ lá no Rio Grande do Sul. Embora o time seja pequeno, tem hoje um dos melhores gramados no Brasil pois o clube recebeu um investimento grande do grupo que comprou seu antigo estádio e resolveram investir boa parte no gramado com intenção de ser sede auxiliar na copa de 14.

    Novo Hamburgo, Sapucaiense e Aymoré formão a grande rivalidade futebolistica do Vale dos Sinos.

    Abraço.

  2. Dênis disse:

    Esqueci de citar que o 15 de Novembro “quebrou”. Eles não participam mais de nenhum campeonato.

    • milcamisas disse:

      Lembrando que o 15 me proporcionou uma das maiores alegrias da vida, ao jogar a semifinal da Copa do Brasil contra o Santo André.
      E foi onde Mano Menezes surgiu para o futebol.
      Uma pena o time ter fechado…

  3. Rafael Weber disse:

    Olá:

    Sou torcedor anilado e gostaria de te parabenizar pelo excelente texto. Muito bom mesmo. Resumiste muito bem a gloriosa história do Noia e sua realidade. Parabéns e um grande abraço da Torcida Organizada Fogo Anil. DÁ-LHE NOIA!

    • milcamisas disse:

      Olha, é muito dificil resumir uma história com tantas glórias, lembranças e detalhes.
      Tentei homenagear a história de lutas do Novo Hamburgo, pq sei como é dificil sobreviver assim tao proximo da capital.
      Força Nóia!

  4. Eduardo Fleck disse:

    Muito boas informações
    dalhe nóia
    um abraço

  5. Parahim disse:

    Opas! Muito bacana este site.
    Ainda mais com o destaque agora pra gloriosa Anilada.
    As informações são super corretas.
    Parabéns!
    Força, Noia! Dale, Noia!

  6. cesar disse:

    Muito legal! É bem como tu disseste, as dificuldades são enormes tanto para o Nóia, como para o Santo André, pois estão lutando sempre contra os grandes clubes e a mídia avassaladora, que afasta cada vez mais os torcedores dos clubes pequenos. Dá-lhe Nóia! Dá-lhe Santo André, do glorioso Sandro Gaúcho, q também jogou por aqui, e que matou o XV no Olímpico, grande jogo!

  7. Ricardo Rauber disse:

    Prezado Mau: Parabéns pelo excelente trabalho! Estamos encantados com as informações que colheste, pois muitos de nós não tínhamos conhecimento. Informamos este site que torcida mais antiga em atividade é a BAFO NA NUCA – A menor e mais fiel! Tem uns 20 anos. Trata-se de uma TORCIDA DESORGANIZADA, mas que encanta pela presença sempre marcante. Um abraço para o Celo, Ico, Flávio e super Jordano. O fato de ser a 51ª camiseta do site é uma “boa idéia”.
    Estamos na torcida para que o Santo André permaneça na Primeira Divisão do Brasileirão. Dá-lhe Nóia ! Dá-lhe Santo André (também do interior). Ricardo Rauber

  8. Grindcrust disse:

    Parabéns pelo trabalho.
    Sou hamburguense e hoje resido em Santo André e estou torcendo muito para que o ramalhão permaneça na 1º divisão. Abraços.

    • milcamisas disse:

      Grind Crust…. Esses emails barulhentos são os preferidos! hehehe
      Valeu, estou torcendo também..
      E ainda sonho em assistir ao teu time também, lá em Novo Hamburgo.

  9. Marcos Mattje disse:

    Novo Hamburgo etérno!!!!!
    1986 Campeão Gaúcho Júnior… eu joguei lá!!!

  10. José Ignacio Grimm disse:

    Amigos, fiquei muito contente em achar esta página e que fala exatamente do clube que bate no meu coração. Não será necessário dizer que, todo anilado de coração, é em primeiro lugar anti dupla grenal. Nem precisamos ter simpátia pela dupla, porque temos um clube igual a eles, só não temos o dinheiro que tem.
    Mas no mais é exatamente igual. Se estou errado que os anilados de coração se declarem aqui.
    Abraços a todos os anilados do mundo inteiro. Em breve estaremos nas manchetes do Brasil. Isso será memorável.

  11. […] Eu já conhecia a vocação boleira da cidade por ter escrito sobre a camisa do E.C. Novo Hamburgo (leia aqui). […]

  12. Danielle Noll Gudolle disse:

    Olá!!!!
    Gostaria muito de comprar uma camisa do Esporte clube Novo Hamburgo para dar ao meu pai que nasceu em Novo Hamburgo e faz aniversário agora, dia 28 de Janeiro.Ele mora há mais de 30 anos em Recife.Alguém sabe de alguma loja virtual que venda???

    Agradeço pela atenção desde já!!!


Deixe um comentário

*