O futebol profissional em Guararapes

Mais uma cidade que é pouco citada quando falamos de futebol, mas que tem grande história dentro das competições profissionais da Federação Paulista! Depois de passar por Monte Alto, Guariba, Bebedouro, Monte Azul Paulista, Severínia, Riolândia, Cardoso, Votuporanga, Fernandópolis, Palmeira d’Oeste, Aparecida d’Oeste, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Auriflama e Araçatuba, vamos conhecer Guararapes, seu estádio e seus times de futebol!

Enquanto escrevo este post, passamos por uma semana super chuvosa dentro da primavera (já no fim de outubro de 2021) e fico lembrando da secura que estava esse dia que passamos por Guararapes… Até o céu parecia empoeirado…

Guararapes tem um nome curioso, que nasce de um vocábulo indígena que significa “o caminho dos lobos”. O nome só foi adotado a partir de 1934, mas a ocupação surgiu em 1908, com uma primeira família (“Pinto de Oliveira”) que adquiriu terras na localidade.

Aos poucos novas famílias foram chegando, impulsionadas pelo avanço da Estrada de Ferro Noroeste e com o surgimento da Estação Ferroviária.

A estrada que liga Araçatuba à Guararapes estava bastante florida!

A igreja no centro da cidade:

A cidade pode se honrar em ter um Estádio Muncipal de Beisebol, o “Wilton Motomatsu“.

Nosso objetivo em Guararapes era conhecer e registrar o Estádio Municipal Adelmo Almeida, a casa do futebol profissional (e do amador também) da cidade! Essa é uma das entradas do Estádio:

O Estádio atualmente está sem identificação, o que é uma pena…

Só o pessoal da pixação que tem identificado seus nomes ali na bilheteria…

Essa é outra entrada, no lado da arquibancada:

Não encontrei (ainda) um documento que comprove a data da inauguração do Estádio Municipal Adelmo Almeida, mas vários sites dizem que o Estádio foi “pensado” pelo próprio senhor Adelmo Almeida, quando ele esteve na inauguração do Estádio do Pacaembu (abril de 1940). Aqui uma imagem de quando o campo ganhou cara:

Aqui, a arquibancada antiga do estádio:

E aqui, quando seu primeiro cercamento de madeira foi construído:

O estádio tem capacidade para quase 5 mil torcedores. Essa é sua principal arquibancada!

Esse é o gol do lado esquerdo:

Esse é o gol do lado direito:

Embora muito bem cuidado, a seca machucou o gramado… Mas é sempre um lindo visual, ver um gol e a arquibancada ali ao lado…

Vamos dar uma volta por ele, pra você poder conhecer melhor o visual do Estádio Municipal Adelmo Almeida.

Esse é o outro lado (por onde entrei):

Ao fundo, o detalhe da cidade ainda bastante horizontal, sem nenhum prédio para romper o céu empoeirado…

A pedra fundamental do campo trazia apenas uma informação sobre a iluminação do Estádio.

Aqui dá pra ver melhor a arquibancada e ao meu lado o banco de reservas:

Aliás, a arquibancada possui ainda uma estrutura dedicada à imprensa, naquelas cabines amarelas.

O entorno do campo é bastante utilizado pelas pessoas que gostam de caminhar ou correr e possui lindas e frondosas árvores.

Para falar da história do futebol profissional em Guararapes é necessário lembrar a trajetória de 3 times. O primeiro deles é o Grêmio 8 de dezembro, que nasceu em 1962, com uma ligação tão forte com a cidade que seu distintivo era o brasão da cidade e seu nome a data da emancipação da cidade!

O Grêmio 8 de dezembro defendeu a cidade em 2 edições do Campeonato Paulista da Quarta Divisão: 1963 e 64. E nesses mesmos 2 Campeonatos, não é que a cidade teve um outro participante? Tratava-se da Sociedade Esportiva Palmeiras, fundada em 1956 por torcedores do verdão, e que justo naqueles 2 anos decidiu participar do profissional.

Aqui, a classificação dos times em 1963:

Aqui, a classificação dos times em 1964:

Após o campeonato de 1964, as duas equipes acabaram se licenciando e para o seu lugar, surge o Guararapes Esporte Clube.

O time era um resgate ao seu homônimo que surgira anos atrás, da fusão do Star Futebol Clube e da Associação Atlética Brasil. Mas essa primeira tentativa, que ocorreu em 1960 acabou não dando certo.

Assim, o “novo” Guararapes Esporte Clube foi fundado em 2 de dezembro de 1964, para dar sequência à história do futebol profissional na cidade, e em 1965 passa a disputar a Quarta Divisão, terminando o campeonato na 4a colocação do seu grupo (a 6a série):

Em 1966, o time foi melhor e classificou-se para a segunda fase em 3º lugar do seu grupo:

O Gurarapes EC acabou desclassificado na segunda fase, terminando na segunda colocação .

Infelizmente as duas participações do time na quarta divisão acabaram não gerando as condições de manter o time no profissional e o Guararapes EC acabou se licenciando e deixando a cidade sem representante no futebol profissional.

O resgate do futebol em Guararapes se daria apenas em 1981, com o retorno do Guararapes EC disputando a série A3 daquele ano. Essa foi a primeira fase:

E essa a classificação da segunda fase:

O Guararapes EC disputou a Terceira Divisão até 1992, quandio novamente se licenciou.

Destaque para a campanha de 1991, quando esteve a um passo da fase final que garantiria o acesso. O time começou bem e liderou a primeira fase (jogavam contra os times da sua série (G) e de outras três séries que completavam o Grupo IV).

A segunda fase era um quadrangular com times das outras séries que completavam o Grupo IV.

A terceira fase reunia os campeões dos grupos e o time do Guararapes EC acabou perdendo a classificação para a fase final ao empatar em casa com o São Caetano.

Navegando pela fanpage dos fãs do time encontrei várias fotos dos times que disputaram estes campeonatos, infelizmente muitas delas sem a data, mas vale a pena conferir:

O “Lobo guará” ainda tentou um retorno ao futebol, para disputar a Quinta Divisão do futebol paulista (na época a série B2) de 1999 e a de 2000, mas… Aquele seria o último respiro do futebol profissional em Guararapes…

O urubu nas cabines mantém seu olhar para o campo, como se algo ali tivesse morrido… Será?

Uma cidade importante… Uma história tão rica no futebol… Será mesmo que nunca mais veremos o Guararapes EC em campo?

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Deixe um comentário

*