O futebol em São João del Rei (MG) – parte 2: o Minas FC e o Estádio João Lombardi

No feriado de Corpus Christi de 2023, tivemos a oportunidade de acompanhar uma partida do EC Santo André em São João del Rei contra o time do Athletic Club.

Claro que aproveitamos para registrar o Estádio Joaquim Portugal e você encontra maiores detalhes no post que fizemos só sobre isso (veja aqui):

Mas a história do futebol em São João Del Rei é muito rica e acabamos indo atrás de maiores detalhes de outros times da cidade.

Nesse segundo post vamos falar sobre o Minas Futebol Clube, fundado em 15 de agosto de 1916. O distintivo, que veio do site História do futebol, tem suas cores (azul e branco) em homenagem à Nossa Senhora da Glória.

O time do bairro Tejuco é conhecido como o “Leão da biquinha“, por conta de um circo que ficou muito tempo nas cercanias e tinha um leão como principal atração e pela bica d’água que existia por ali (eu nã.
Olha o leão eternizado em frente ao Estádio João Lombardi!

O Minas FC iniciou sua vida disputando partidas e torneios locais, entre eles amistosos com grandes potências, como o Botafogo-RJ.

Quem fez história pelo clube foi Tancredo Neves, que além de atleta, foi presidente entre 1942 e 1946.
Aqui, o time de 1960:

Em 1961 foi a vez do Fluminense visitar o Minas FC e os visitantes venceram por 3×0. Olha o Telê Santana com a camisa do Flu:

Em 1966, o Minas FC aderiu ao futebol profissional, classificando-se para as finais do Campeonato da Segunda Divisão.
Na fase semifinal acabou eliminado para o USIDA.

Em 1967, novamente disputou a segunda divisão, mas terminando na 6ª colocação.

Aqui, a classificação do Campeonato Mineiro da segunda divisão de 1968:

Em 1969, o time acabou desistindo antes do início do campeonato e limitou-se a seguir nas disputas da Liga Municipal de Desportos de São João del Rei, vencendo-a por 14 vezes.

E para ajudar a eternizar tanta história, lá fomos nós conhecer o Estádio João Lombardi!

Então, vamos lá para mais um estádio de futebol que recebeu o futebol profissional!

E olha o distintivo do Minas FC aí na entrada do Estádio João Lombardi:

Lá dentro, o estádio segue muito bem cuidado e fizemos o nosso tradicional olhar no meio campo…

O gol da direita:

E o gol da esquerda:

Olha aí o banco de reservas:

Foi aqui que o Minas FC fez suas disputas que marcaram a história do time! Curta mais um momento lá dentro!

Existe uma singela arquibancada atrás do gol de entrada:

E tem arquibancadas também em ambas as laterais:

O Estádio João Lombardi é mais um que sobrevive bem em meio ao centro da cidade, mas o ponto positivo é que fiquei com a impressão que ele é bastante movimentado!

Bom ver que a molecada tem participado com entusiasmo dos dias atuas do Estádio João Lombardi!

No dia em que estivemos por lá, ia rolar um jogo contra a AA São Caetano, local, um time cujo estádio não visitamos, mas que também tem sua importância.

Uma imagem retirada do Google Maps para registrar sua sede:

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

]]>

195 – Camisa do Tupã FC

A 195ª camisa do blog representa as cores do Tupã Futebol Clube!

O time tem como mascote o Índio Guerreiro, que representa a ligação histórica com os indígenas que habitaram a região no passado.

Ah, e em agosto de 2022, o time apresentou como novidade sua nova identidade visual, baseado no escudo que foi usado entre os anos 30 e início da década de 40:

Com uma modernização do desenho original, o resultado foi esse (eu normalmente fico com um pé atrás, mas nesse caso achei a mudança positiva e bem conceituada):

Em 2018, acompanhamos uma partida contra o Osvaldo Cruz (veja aqui como foi)!

E ainda fizemos um post sobre o Estádio Municipal Alonso Carvalho Braga, veja aqui como foi!

O Tupã FC foi fundado em 8 de fevereiro de 1936, e tem uma história repleta de conquistas. Usando como base de pesquisa o livro “Os esquecidos“, a estreia do time nas competições oficiais da Federação Paulista se deu em 1944, no Campeonato Paulista do Interior disputando o grupo da 25ª região, que teve como campeão do grupo, o tradicional São Bento de Marília.

A próxima disputa registrada no livro é de 1947, quando outro time da cidade também participou da disputa: Ouro Branco FC e desse vez o Tupã sagrou-se campeão do Setor 29, indo para fase regionais onde enfrentou outros campeões setoriais: EC Noroeste, o campeão desse novo grupo, além do EC Municipal (Vera Cruz), Glória FC (Cafelandia) e o Bandeirante EC (Birigui).

A partir de 1947 é muito difícil ter a sequência de participações do Tupã FC no Campeonato do Interior, mas vale reforçar que nessa época o time obteve duas vitórias em amistosos contra o Santos, em 1948, e em 1950 e um outro contra o Vasco onde os cariocas venceram por 1×0.

Usei fotos das redes sociais do Tupã FC e do site Que fim levou, do Milton Neves para ilustrar este post com fotos dos esquadr˜ões antigos, ainda que nem todas estejam datadas, como esta abaixo dos anos 50:

Em 1949, estreou na Segunda Divisão, na época, só existiam 2 divisões e o campeão desse campeonato foi o Guarani.

Em 1949, este foi o esquadrão que defendeu as cores da cidade:

O Tupã disputou a segunda divisão até 1954 (quando a Federação criou a 3a divisão), com resultados apenas medianos.

Após se ausentar por um ano, em 1956, voltou à segunda divisão até 1959, quando perdeu a classificação para a fase final por apenas um ponto!

Entre 1960 e 1974 o Tupã FC disputou horas o terceiro nível do futebol, a “segunda divisão profissional” (1960, 69. 71 a 74), horas a “principal divisão”, que equivalia ao segundo nível (entre 1961 e 67), ficando alguns anos de fora (como 1970).

Em 1974, terminou a 2a divisão em 1º na fase inicial….


Sendo eliminado na segunda fase.

Joga o 3º nível do futebol paulista em 1975, o 2º nível em 1976, novamente retorna para o 3º nível em 77, 78 (classificando-se para a segunda fase), 79 (mais uma vez chegando na segunda fase), 80 e 81, quando terminou em 4º, classificando-se para a segunda fase…

Na segunda fase, mais uma grande campanha levou o time à decisão do grupo contra o campeão do primeiro turno (o Penapolense) e a vitória o classificou à fase final.

Infelizmente a campanha na fase final foi bastante inferior.

Em 1982 e 83 o time disputou o segundo nível do futebol paulista (a Segunda Divisão), mas ao final do ano, se licenciou do futebol profissional, voltando à 3ª Divisão em 1985, sendo eliminado na fase final de grupos, após liderar os grupos das duas fases anteriores.

De 1986 até em 1993, o Tupã permaneceu na 3ª Divisão, sem grandes campanhas, mas classificando-se para a segunda fase com certa frequência.

Com a redefinição do futebol paulista, a partir de 1994, o time passa a disputar a 4ª Divisão. Em 2006 abandona a competição, mas retorna no ano seguinte. “Pula” o ano de 2008 e retorna em 2009.

Em 2013, ficou a 3 pontos da final, mas conquistou o acesso à série A3, jogando com esse uniforme bem bonito:

Em 2014 faz uma série A3 mediana, com 6 vitórias, 7 empates e 6 derrotas, mas em 2015, não resiste e acaba rebaixado à “Bezinha” de 2016, licenciando-se em 2017, retornando em 2018, e novamente abandonando o futebol profissional após o campeonato de 2020, quando jogou com o time abaixo:

Durante o ano de 2022, ouviram-se muitos rumores sobre a volta do time em 2023. Fiquemos no aguardo!

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

]]>

União São João 0x4 Paulista – Série B do Campeonato Paulista 2022

O fim de semana começou movimentado. Por uma ocasião super especial (o casamento do irmão da Mari), não pudemos ver o Ramalhão jogando em casa. Claro que festas e reuniões familiares são bacanas, mas sofri muito em não ver o Ramalhão vencer o Oeste por 2×0.

Assim, pra não deixar meu lado futebolístico decepcionado, aproveitei que a festa era no interior para dar um pulo em Araras, no lindo Estádio Dr Hermínio Ometto, no domingo, 19 de junho de 2022.

Os ingressos para a partida custavam R$ 10 e a bilheteria até que apresentou um movimento bacana próximo do início do jogo.

A ideia era acompanhar um jogo entre duas camisas bem pesadas: União São João x Paulista de Jundiaí, válidos pelo “Paulista Sub 23 – Segunda Divisão”, que tem várias alcunhas… “Bezinha”, “Segundona”, “série B” e etc. Mas o nome oficial está ali na placa.

Logo ao entrar, me surpreendi ao ver a boa presença da torcida do Paulista de Jundiaí.

Vamos dar um rolê pelo estádio e sentir o clima do jogo.

O jogo colocou a frente duas realidades distintas: o Paulista chegou em Araras disposto a seguir vivo na luta pela classificação à fase seguinte da série B.

Pra quem ama o futebol fica o orgulho em participar de um evento como esse.

Já o União São João só busca terminar esse ano de retorno ao profissionalismo, já que os resultados em campo tem sido bem abaixo do esperado. A Consequência direta é o baixo número de torcedores que ainda seguem apoiando o time nessa reta final.

Nessas horas fica ainda mais claro o valor das torcidas organizadas. Um momento difícil, e importante, afinal, mesmo sendo uma má campanha, ainda trata-se do ano do retorno de um time tão importante como o União, e que precisa ser celebrado.

Mas vale reforçar que ainda existem aquelas pessoas que ainda amam o time e comparecem pra dar seu apoio e também se divertir! Infelizmente a partida de hoje não traria muita diversão para o torcedor de Araras…

Aos 34 minutos do primeiro tempo, o garoto Natan abriu a partida para a festa dos visitantes!

E mesmo depois do gol, o Paulista seguiu forte e teve grande chance de ampliar o placar em um penalty perdido.

A torcida do Paulista tem passado por um momento complicado. A ideia de se manter mais um ano na série B atormenta cada um daqueles que apoiam o galo!

Aí o pessoal da Raça Tricolor que segue protestando com a faixa virada.

Para acalmar um pouco os ânimos, aos 46 do primeiro tempo, o mesmo Natan aumentou o placar para 2×0.

Natan aos 12 e Caíque aos 43 fechariam o placar: 4×0 para a equipe visitante.

Provavelmente essa foi a última vez que fomos ao Estádio Hermínio Ometto, este ano, então um último olhar no campo.

E mais um registro em frente à entrada do Estádio que outrora tinha ninguém menos que Roberto Carlos como lateral esquerdo do time local.

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

]]>

Tour interior paulista 2017 – Parte 2: Bariri

Dando sequência ao nosso rolê de “Pré inverno”, saímos de Barra Bonita (veja aqui como foi) e chegamos em Bariri, cidade logo após Jaú (já estivemos lá outra vez, por isso não a incluímos em nosso roteiro, mas veja aqui como foi acompanhar uma partida do XV e aqui como foi uma visita ao Estádio Zezinho Magalhães). Bariri Atualmente cerca de 40 mil pessoas vivem em Bariri. A principal fonte de renda do município são as suas indústrias e a agricultura, com foco na cana-de-açúcar. Almoçamos por lá, no restaurante “Sucata”. Bariri Demos um rápido rolê pelo centro, pra pelo menos curtir um pouco da arquitetura ainda preservada em diversas casas e comércios. Arquitetura Bariri Bariri

É muito legal ver que as coisas podem continuar a existir mantendo uma série de construções lindas de quase cem anos de história!

Bariri Como não podia deixar de faltar… A igreja e a praça matriz! Bariri Falando um pouco sobre o futebol na cidade, vale ressaltar que já existiram vários times defendendo a cidade, do Sport Clube Resegue, time da tradicional família Resegue: Distintivo Sociedade Esportiva Resegue Time do Sport Clube Resegue Depois tivemos o EC Municipal: Distintivo do Esporte Clube Municipal O EC Bariri, que usava o próprio brasão da cidade como distintivo: Distintivo do EC Bariri E, por fim, o polêmico CAL Bariri, que foi o time do Clube Atlético Lençoense que migrou para a cidade e passou a mandar ali os seus jogos. Distintivo CAL Bariri Já vimos um jogo contra o CAL Bariri, em 2009, lá em Paulínia, contra o time local. Clique aqui e lembre como foi . Paulinia x CAL Bariri Nossa missão era conhecer e registrar o Estádio Municipal Farid Jorge Resegue, palco de todos esses times locais. Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri O Estádio fica em um quarteirão que tem em um de suas esquinas o cruzamento da São João com a General Osório, numa rua bem pacata. Estádio Farid Jorge Resegue Bariri Para tirar umas fotos de dentro, encontramos um “novo portão” de acesso. Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri E grata surpresa! Um estádio que parece ter parado no tempo, do ponto de vista do charme e da arquitetura típica do início do século XX! Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri A pergunta que fica é: quantas histórias, partidas e aventuras não devem ter acontecidas nesse campo? Da nossa parte segue o orgulho em registrar mais um templo do futebol, que torcemos volte a ser utilizado nas disputas oficiais da Federação Paulista! Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Por hora, os muros estão passando por uma reforma, e aparentemente também alguns detalhes da parte interna. Mas olha que interessante o entorno do campo feito em paralelepípedos! Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Que a energia siga viva! Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Vamos dar um giro via vídeo?

Gosto muito quando os estádios conseguem manter as árvores ao seu redor, deixando uma cara mais “ecológica”.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Olha aí o banco de reservas. Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Interessante como os gramados seguem bem cuidados. Parece que o futebol amador vem fazendo bom uso do estádio. Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Em 2009, o Lençoense trouxe o futebol profissional de volta ao estádio, desde que o Sport Club Resegue disputou as divisões inferiores, na década de 1960. Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Suas arquibancadas tem capacidade para cerca de 3 mil torcedores, mas segue esvaziada depois que o CAL Bariri se licenciou da Federação. Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri Mesmo sabendo das dificuldades para se manter um time de futebol, seguimos na torcida para que a cidade de Bariri consiga o mais cedo possível um time para chamar de seu e voltar a ocupar o Estádio Farid Jorge Resegue! Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri E de Bariri, seguimos caminho para Ibitinga!

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Salvar Salvar Salvar Salvar Salvar Salvar Salvar Salvar]]>

Jaguariúna 2×2 Francana (Série B do Paulista de 2017)

Como diz a canção do MMDC: “A chuva caindo, manhã de domingo…”. Um dia com cara de segunda feira, mas que prometia o nosso reencontro com o Estádio Municipal Alfredo Chiavegato, em Jaguariúna! Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato E como por um passe de mágica, ao chegarmos na casa do Jaguariúna FC, a chuva passou! Distintivo do Jaguariúna Hora de pegar os ingressos (R$ 10 e meia entrada a R$ 5). Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Ingressos em mãos, vamos em frente! Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato O caso do Estádio Municipal Alfredo Chiavegato é uma exceção do que normalmente ocorre no futebol paulista. É uma construção recente, com excelente estrutura, mas que serve de base para um time que infelizmente ainda não caiu nos braços da torcida da cidade. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Assim, suas arquibancadas ainda vivem tristes e solitárias e não foi diferente para esse Jaguariúna x Francana, pela série B do Paulista de 2017. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Dentro de campo, os times não se importaram com o baixo número de torcedores nem com o frio e fizeram um jogo quente! Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato E ficamos contentes por poder participar e registrar mais um jogo da tão apaixonante “Bezinha”, a quarta divisão do estado de São Paulo.

Logo de cara, a equipe local surpreeendeu as expectativas e saiu na frente para a alegria da pequena, mas animada torcida local!

Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato O time da Francana, embora bastante tradicional, não conseguia se encontrar no jogo e demorou até conseguir se impor no jogo e levar perigo ao goleiro local. Pra aumentar suas chances, a Veterana começou a arriscar chutes de longa distância, que paravam nas mãos do goleiro do Jaguariúna.

Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato O técnico da Francana começou incentivar as arrancadas dos seus meias e o time visitante começou a gostar do jogo. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Numa dessas descidas, a zaga do Jaguariúna acabou fazendo uma falta próxima à área. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato O resultado você confere aí:

Mas o time visitante não pode comemorar por muito tempo, pois o Jaguariúna ao invés de se abalar com o gol sofrido, foi pra cima de novo e novamente se colocou a frente do placar com um golaço, um petardo de fora da área sem chances para o goleiro da Francana. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Bom pra quem estava presente e pode ver dois golaços no mesmo jogo! Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato O fim do primeiro tempo ainda reservou chances para as duas equipes, mas acabou assim mesmo, 2×1 para o Jaguariúna. Alguns lances e cenas da primeira etapa: Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato E lá vamos nós para o segundo tempo! Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato O time da Francana voltou melhor buscando o empate a todo custo! Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato E a torcida local ficou “P” da vida ao ver que o árbitro marcou um pênalti para a Francana. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Acompanhe a cobrança:

Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato

O jogo acabou esfriando, por mais que o time do Jaguariúna quisesse sair com a vitória. A garoa voltou a cair para a tristeza da pequena torcida local. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Só quem estava lá no setor coberto pode ficar numa boa… Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Seguem alguns lances do segundo tempo:

Outras imagens do fim do jogo (principalmente para quem queria ver o raro uniforme do Jaguariúna):

Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato Camisa do Jaguariúna Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato É isso aí! O Campeonato Paulista Série B está apenas começando e vamos tentar chegar a alguns estádios que ainda não pudemos acompanhar! Que venham as estradas. Jaguariúna x Francana - Campeonato Paulista Série B 2017 – Estádio Municipal Alfredo Chiavegato

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

]]>

Torcida do Sertãozinho dá show no acesso à A2-2017

13095956_1058867850837342_4421089579483657212_n 8 de maio de 2016. O domingo fecha um fim de semana de acessos! Um dia após acompanharmos o Santo André voltar à série A1 do Paulista, em Barretos, fomos até Sertãozinho assistir a equipe local chegar a final da A3 e consequentemente conquistar o acesso à série A2 e a festa não podia ser melhor! 13138985_1019867961433957_8219649637272245699_n O Sertãozinho manda seus jogos no Estádio Municipal Frederico Dalmaso, o “Fredericão”. 13138886_1058863764171084_6877128825184115130_n E o campo estava cheio, e todo mundo muito animado, acreditando na classificação! 13133239_1058865417504252_4070497999134003101_n A torcida lotou todo e qualquer espaço do estádio destinado ao público local!

1

4

2

Vem comigo dar uma volta e sentir o clima do jogo!

Tudo isso, para sua segurança! 13082500_1058866750837452_4270755319800289742_n 13095833_1058868937503900_6347692429483457232_n Pudemos conhecer pessoalmente o amigo Renan! E é pra isso que o futebol serve: fortalecer as amizades! 13164387_1019867654767321_7945354828200763700_n

13124531_1058870607503733_6624605009321485558_n

Pra quem não sabe, o estádio tem ainda uma pequena área coberta, junto das cabines de imprensa. Tudo muito bacana!

13151389_1019871081433645_6487375951108399769_n 3 5 Mas a festa estava mesmo no meio da torcida. Uma pena que a Federação não permita que as organizadas entrem com suas faixas e camisas, mas mesmo assim, o pessoal de Sertãozinho pintou de grená e branco a cancha local, com direito a tirantes e tudo! 11217679_1019892871431466_2096946033973662187_n 13138937_1019870744767012_6049222921600623047_n 13083323_1019871011433652_3835303526117320682_n 13164364_1019872118100208_6864256053167332853_n Dá uma olhada no que tinha de gente! E esse pessoal ajudou o time a segurar um 0x0, meio morno, mas que garantiu a vaga do time local na A2 de 2017! 13124709_1019868304767256_5746055201714109878_n 13165863_1019893208098099_1140805656180587021_n Outro destaque pro rolê fica para o encontro, ali nas bancadas mesmo com o amigo Nequinha, lateral direito pé quente, que acabou conquistando mais um título, desta vez da A3! Valeu, amigo! 13151410_1058868380837289_1602485553205288478_n E já que o time saiu campeão, não pode faltar a foto dos vencedores!

13083314_841988169246812_9117280065872365159_n

Pra quem andava nos cobrando mais um role pelo interior, fica esse registro! Abraços aos amigos!

13133121_1058868384170622_8005109763871468931_n

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!

]]>

Clássico JuveNal

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

No segundo dia do mês de agosto de 2015, fomos até a rua Javari para mais uma edição do clássico paulistano Juvenal!

Screen Shot 2015-09-01 at 22.28.47Pra quem não sabe, o Juventus caiu no gosto popular e desde o ano passado, assistir a um jogo no Estádio Conde Rodolfo Crespi tornou-se um programa disputado e as bancadas grenás estão sempre cheias!

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Mesmo sem marcar, tive a honra de trombar dois amigos, um deles, o Laércio, torcedor do Auto Esporte, veio lá da Paraíba para um passeio em terras (e estádios) paulistas!

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Outro, é o Sérgio, grande figura da cena punk/hc lá do Guarujá, e que atualmente está morando em São Paulo. Grande prazer em revê-lo!

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Por fim, e não menos importante, nosso amigo que esteve por tanto tempo morando em terras portenhas e agora de volta à sua Mooca querida, Traffani acompanhado na foto pelo Gui, que foi conosco ao jogo!

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Do lado feminino, a Mari praticamente organizou uma seção só de pessoas chamadas Mariana…

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Vamos sentir um pouco o clima do estádio:

O primeiro clássico Juvenal aconteceu em 27/9/1936 e acabou com vitória grená por 3×1. Quase 80 anos depois, os times voltaram a se enfrentar na primeira fase da Copa Paulista, onde os jogos ainda não tem muita emoção… E diga-se a verdade, o Juventus entrou em campo ainda “sonolento”…

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Do lado de fora do campo, as arquibancadas, essas sim estavam mais que acordadas e acesas!

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Até os reservas pareciam estar mais atentos do que os titulares.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Pra quem não tem ido à Javari ultimamente, as imagens parecem ser de décadas atrás, quando o futebol do time mooquense atraia multidões de fãs do bairro.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Do outro lado, estavam os ferroviários de azul: a torcida do Nacional! Aliás, vale lembrar que ambos os times são sócios-fundadores da Federação Paulista de Futebol.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

A setor 2 puxa a festa de um lado do estádio, a Torcida Jovem, do outro. No meio dessa cantoria toda, o time grená tentava encurralar seu adversário, mas, sem sucesso.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Para desespero da torcida local, o Nacional fez 1×0.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

A Mooca está mudando. Verticalizando cada dia mais.

O público do estádio começa a mudar também. É curioso, mas não me sinto a vontade para descrever, caso algum juventino queira se colocar, faça o nos comentários ou no nosso grupo do Facebook.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

Mas, por mais que tudo venha mudando, confesso que ainda me sinto bem vendo pequenos sinais do futebol de outrora, sonhar com a nostalgia de outrora ainda nos é permitido…

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

E parabéns à torcida nacionalista que creditou no time e compareceu ao jogo e no final, saiu comemorando a boa vitória de 1×0.

Clássico Juvenal - Copa Paulista 2015

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

]]>

Série B do Campeonato Paulista: AD Guarulhos 1×4 EC Sao Bernardo

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Bom dia, amigos!

Agora que acabamos de postar nossas aventuras pelos estádios do Noroeste paulista, vamos publicar os relatos sobre alguns jogos que fomos recentemente, sempre com o objetivo de registrar seus estádios, os times, as torcidas e o jogo em si, guardando para futuras gerações a história do futebol paulista das divisões de acesso.

O jogo de hoje aconteceu no dia primeiro de agosto de 2015, no Estádio Antonio Soares de Oliveira, o “Ninho do Corvo”, em Guarulhos.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

O espetáculo teve como palco uma bela e ensolarada manhã de domingo. E mesmo não sendo ao lado do ABC, fizemos questão de ir até Guarulhos para rever os amigos hardcoreanos que curtem o time local!

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Vamos dar uma olhada no clima do jogo?

O campo estava bem ruim, com várias “intervenções” feitas com areia para tentar corrigir os problemas…

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Compare com uma foto que fizemos em 2010:

O AD Guarulhos ainda tinha chances de classificação, mas poucos torcedores acompanharam a partida.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

O jogo começou amarrado, como a maioria dos jogos da série B. O primeiro tempo virou 0x0.

Mas, o EC São Bernardo abriu o marcador no início do segundo tempo.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

O Estádio Antonio Soares de Oliveira já esteve muito bem cuidado anos atrás, mas atualmente ele não está lá muito bem…

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Os visitantes, vindos do nosso querido ABC fizeram 2×0, para a desolação da torcida local.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Mesmo sem chances de seguir no campeonato, os torcedores da AD Guarulhos ainda tiveram disposição para apoiar o time e bater um papo com a gente!

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

O papo foi animador, tanto que a AD Guarulhos fez seu gol!

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Festa na bancada Guarulhense!

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Seria o início da reação incrível que levaria o time de Guarulhos para uma revolução na tabela chegando à série A3?

Não. AD Guarulhos 1×3 EC São Bernardo.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

O time da AD Guarulhos literalmente ligou o f***-se e foi pra cima. Falta perigosa, na entrada da área…

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

E nada. No contra-ataque, AD Guarulhos 1×4 EC São Bernardo.

Fim de jogo.

Bom momento para reparar no céu azul e nas pipas que faziam uma competição a parte ali em cima da gente.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Ou, se você preferir… Hora ideal para um papo com a arbitragem… Né não, Raphael, vulgo “cabelo”.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Foto dos 8 bravos torcedores!

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

E… pós jogo, é hora de um desafio… Torcida presente x reservas do Guarulhos.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Raphael foi pro gol, mas quem disse que teve jogo? É que o time de Guarulhos não tinha reservas…

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Dessa forma, a torcida ganhou por W.O. e sagrou-se campeã do desafio “torcida x time reserva”.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

Aqui, foto do forte time formado por torcedores:

Hora de ir embora. Não sem antes parar em um brechó de Guarulhos, para ver umas camisas de futebol usadas.

AD Guarulhos 1x4 EC São Bernardo - série B do Campeonato Paulista 2015

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

]]>

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 17: Neves Paulista

Brasão de Neves Paulista
Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

Seguimos a estrada, saímos de Monte Aprazível e dirigimos por um lugar mágico, de tão bonito, rumo a Neves Paulista!

A história da cidade começou por volta de 1900 e recebeu este nome em homenagem a Joaquim da Costa Penha, mais conhecido como Capitão Neves, um dos primeiros moradores do povoado.

Neves Paulista

A pequena cidade recebeu muitos imigrantes espanhóis e italianos que foram pra lá trabalhar na lavoura de café, com o sonho de conseguir no Brasil o que lhes era negado na Europa, o direito de viverem dignamente.

Neves Paulista

Chega a ser triste ver como é mais bonito, mais saudável e muito mais prazeroso manter a natureza viva na cidade. Ok, eu sei que o crescimento das cidades é algo inevitável, mas não é possível que não se possa ter um meio termo…

Neves Paulista

Nem bem cruzamos a cidade e já encontramos uma placa indicando nossa missão: o Estádio Municipal Inácio Vasques!

estadio municipal inacio vasques - nevense.jpg

É nesse estádio que o Clube Atlético Nevense, time fundado em 30 de novembro de 1957, mandava seus jogos.

Distintivo do CA Nevense

O C.A. Nevense não foi o primeiro time profissional da cidade, antes dele, houve o São Paulo Futebol Clube, no início dos anos 50.

São Paulo de Neves Paulista

O CA Nevense foi fundado em 1957,  e logo em seu primeiro ano de disputa, 1958, foi campeão da Série A3, numa incrível final contra o Estrela de Piquete!

C.A. Nevense

Já em 1959, disputou pela primeira e única vez uma edição da série A2 (que teria o Corinthinas de Presidente Prudente como campeão).

O Nevense disputou a Série Geraldo Starling Soares acabando na penúltima colocação deste grupo (fonte: História da 2a divisão do Futebol Paulista – Julio Bovi Diogo e Rodolfo Pedro Stella Jr).

Série A2 - 1959

O time base do Nevense: Paulo, Mascarado e Verdamin, Perigo, Lega e Manfrin; Daniel, Chiquinho, Edson, Titio e Hercílio. Outros atletas: Dema, Romildo, Joel, Gim, Brandão. Essas foram as partidas:

Série A2 1959

Assim, de volta à série A3, o time disputou essa divisão de 1960 a 1966, depois de 1969 a 1976 e de 1980 a 1987 e a 4a divisão (atual “B”) de 1977 a 79 e de 1988 a 1990.

Olha o time de 1972:

Clube Atlético Nevense 1972

Em 82, o time ainda sagrou-se campeão sub-20 da A3, com o time abaixo:

CA Nevense sub 20 - 1982

E esse, o time de 1983 (foto do Jornal A Tribuna, gentilmente envida pelo amigo Rodrigo):

CA Nevense 1983

Aqui, o time de 1985:

O mais bacana é que a cidade nunca chegou a ter 10 mil habitantes (atualmente são cerca de 9.300) e mesmo assim manteve-se por mais de 30 anos em competições da Federação fosse na série A2, A3 ou na B.

É por essas e outras que o Estádio local é tão importante!

Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

E indiretamente, o estádio tem a ver com o fim do futebol profissional na cidade, já que o Nevense se licenciou após sofrer uma punição pela FPF, devido a falta de segurança no estádio.

estadio municipal inacio vasques - nevense.jpg
Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

Sua última participação no paulista ocorreu em 1990, mas sofreu uma punição pela FPF, pela falta de segurança no estádio e assim abandonou o futebol profissional, para nunca mais voltar…

estadio municipal inacio vasques - nevense.jpg

Vamos conhecer o estádio?

Suas arquibancadas tem capacidade 3 mil torcedores!

Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista
Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

O gol parece estar quase que encostado no fim do estádio, engraçado né?

Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

O gramado está bem cuidado e beeem verdinho!

Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

O campo possui iluminação e é cercado por um alambrado, como o da Rua Javari! Quem sabe o time não volte a defender a glória de sua cidade em competições oficiais no futuro?

Estádio Municipal Inácio Vasques - Neves Paulista

Registro pós visita: em 2016, o Lobo da Araraquarense foi reativado, e se filiou à Liga de Futebol Paulista para a disputa da 1ª Taça Paulista.

Novo CA Nevense

Em 2022, mais uma vez passamos por lá, na companhia do Rodrigo e sua família para uma nova olhada no estádio.

Muito bacana ver que o Estádio Municipal Ignácio Vasques segue bem cuidado e com a sinalização com seu nome.

Estádio Municipal Ignácio Vasques

Estádio Municipal Ignácio Vasques

E também segue ali sua bilheteria:

Estádio Municipal Ignácio Vasques

Já era hora de uma nova olhada no campo!

 Um olhar para o gol da direita:

Estádio Municipal Ignácio Vasques

O meio campo:

Estádio Municipal Ignácio Vasques

E aqui, o gol do lado esquerdo:

Estádio Ignácio Vasques - Neves Paulista

Um novo olhar na arquibancada que já vivenciou tantas emoções:

Estádio Ignácio Vasques - Neves Paulista

Um grande abraço ao “Jacaré” e sua turma!

Estádio Ignácio Vasques - Neves Paulista

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!

]]>

Assis 2014, mais uma vez pelo futebol do interior…

DSC00139

E aí estamos nós, mais uma vez descendo na “estação Assis” para acompanhar o futebol há 500km da capital, onde ainda se podem ver as históricas casas de madeira construídas pelos ferroviários no século passado.

DSC00142

Os trilhos ainda estão pela cidade e para “forasteiros” como eu e a Mari, acordar as 5hs da manhã para ouvir o trem da manutenção passar por lá é um programão!

Continuar lendo Assis 2014, mais uma vez pelo futebol do interior…