Tour interior paulista 2017 – Parte 5: Itajobi

Brasão de Itajobi

Continuando nossa aventura, depois de passarmos por Novo Horizonte e registrar os dois estádios da cidade (Josué Quirino de Moraes, o Quirinão e o Dr. Jorge Ismael de Biasi, o Jorjão) chegamos à etapa número 5 do nosso rolê de “Pré inverno” pelos estádios do interior paulista: a cidade de Itajobi!

Itajobi

Lá, vivem cerca de 15 mil habitantes, em um lugar tão bonito e que tem tudo aquilo que a gente espera de uma cidade do interior… A começar por um belo caldo de cana!

Itajobi

Um rápido rolê pela parte próxima do Estádio para registrarmos algumas igrejas…

Itajobi

Igreja - Itajobi

E lá fomos nós conhecer a casa da Associação Atlética Itajobi!

Distintivo do Itajobi

Falamos do Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida, que fica na praça que tem o mesmo nome.

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

O time teve poucas participações nos campeonatos da Federação Paulista (de 1978 a 1980), e após licenciar-se mudou de nome para Clube Atlético Itajobi.

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

O time sempre teve o apoio da prefeitura, mesmo quando ainda se chamava Itajobi FC e disputava apenas os campeonatos amadores da FPF.

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Segundo um funcionário da prefeitura que passou por ali e nos autorizou a entrada no estádio, atualmente o campo é usado pelo time, novamente amador, mas que dificilmente perde jogando em seus domínios!

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Vale lembrar que esse mesmo campo recebeu uma série de partidas importantes pela terceirona de 1978!

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Hoje, o estádio sofreu algumas alterações, mas segue lá… No mesmo espaço em que no passado, as equipes do interior estiveram disputando a A3!

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Aliás, achei a classificação da primeira fase da série A3 do Campeonato de 1978:

A inscrição na parede mostra a data de 1938, que refere-se ao ano em que o então  prefeito, Dr. Raul Lima, foi a  São  Paulo, pedir ao Bispo permissão para construir um campo de futebol na área que pertencia à Igreja.

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Com a permissão, o estádio foi construído e cercado com a tradicional cerca de madeira e somente em 1975, o prefeito Nevile Giova substituiu a cerca de madeira pelo alambrado, dentro do campo.

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

O prefeito  Ademar Sambrano foi o responsável por construir as arquibancadas.

Estádio Municipal Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Vale a pena uma olhada no vídeo que fizemos de lá:

Com o tempo vieram outras melhorias como o  bar, a cobertura e os vestiários.

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Quem vê o gramado todo bonito, não imagina que na época, a população local, motivada pelo o sr. Zico Ricci, se uniu em mutirão, em um sábado, para plantarem e regarem a grama em todo o campo.

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Em 1958, o estádio estreou com um jogo entre os times de Itajobi e o de Rio Claro, com vitória para o quadro local!

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

O Estádio Nossa Senhora Aparecida já recebeu Santos, Palmeiras, Corinthians e São Paulo em seus gramados.

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Também possui uma linda área arborizada, melhor que qualquer cadeira coberta!

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

O estádio está bem identificado do lado de fora, com o nome do atual time.

Estádio Nossa Senhora Aparecida - Itajobi

Mais uma vez ficamos contentes em poder registrar mais um estádio pelo interior paulista. Agora, de volta a estrada, nossa próxima parada é a cidade de Urupês!

Itajobi

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Tour interior paulista 2017 – Parte 4: Novo Horizonte

Dando sequência ao nosso rolê de “Pré Inverno”, depois de passarmos por Ibitinga, seguimos pela até então desconhecida Rodovia Dep. Leonidas Pachêco Ferreira até a parte 4 da nossa viagem: a cidade de Novo Horizonte!

Novo Horizonte

Porém… Antes de chegar na cidade, fomos presenteados com a aparição de um ser incrível!

Novo Horizonte

Ele não só nos acompanhou por parte da Rodovia, como pousou e nos permitiu um verdadeiro ensaio fotográfico.

Falcão paulista

Falcão Paulista

Falcão Paulista - Novo Horizonte

Trata-se de um Gavião carcará (você o reconhece por esta parte preta na cabeça) e pela face avermelhada. Ele é um parente distante dos falcões, alimentando-se de insetos, anfíbios, roedores e presas fáceis como mamíferos recém-nascidos, embora também sejam aves necrofagas (se alimentam de carniça). Passam muito tempo no chão, mas são excelentes voadores e planadores.

Falcão Paulista - Novo Horizonte

Após esse feliz encontro, chegamos ao nosso objetivo: a cidade de Novo Horizonte.

Novo Horizonte

Novo Horizonte acolhe uma população de cerca de 40 mil pessoas e tem uma economia mista, com destaque para as duas usinas de açúcar e álcool lá presentes (Usina São José da Estiva e Usina Santa Isabel), grandes geradoras de emprego.

E começamos nosso breve passeio com uma volta pelo centro da cidade, com destaque para a Igreja Matriz.

Novo Horizonte

Novo Horizonte

Novo Horizonte

Muitas construções do início do século passado seguem em ótimas condições, espalhadas pela cidade.

Novo Horizonte

Novo Horizonte

Novo Horizonte

Novo Horizonte

O comércio da cidade também tem grande destaque, sendo referência para consumidores da região devido sua grande diversidade.

Novo Horizonte

O produto que eu acho mais legal (e fiquei triste de não ter trazido para Santo André) são as tradicionais cadeiras feitas com esses “espaguetes de plástico”… Tem um nome específico??

Novo Horizonte

Falando um pouco sobre o futebol local, a cidade tem uma história bem tradicional, que nasce na ‘decada de 20 com a fundação do Clube Atlético Novo Horizonte!

Distintivo do Clube Atlético Novo Horizonte

O time começou no amador, mas logo chegou às disputas profissionais organizadas pela Federação Paulista.

ClubeAtlético Novo Horizonte

O CA Novo Horizonte mandava seus jogos no Estádio Josué Quirino de Moraes, o Quirinão, que fica na Av Josué Quirino de Moraes.

Estádio Josué Quirino de Moraes

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes

Estádio Josué Quirino de Moraes

Recentemente, o estádio passou por uma série de reformas para poder voltar a ser utilizado, e olha… o resultado das reformas ficou excelente!

Estádio Josué Quirino de Moraes

Fomos dar uma olhada no interior do estádio para comprovar!

Como eu disse no vídeo, existe um lindo painel com imagens do passado (tanto de times quanto de documentos):

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

As arquibancadas e o gramado apresentam-se pronto para uma bela partida!

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

E para não perder um espaço como esse, além dos times amadores da cidade, as categorias de base do atual Novorizontino tem mandado seus jogos no Quirinão.

Estádio Josué Quirino de Moraes

Estádio Josué Quirino de Moraes

Estádio Josué Quirino de Moraes

Até iluminação o Quirinão tem!

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

O estádio foi inaugurado em 28 de outubro de 1.928 com uma partida entre o CA Novo Horizonte e o CA Paulistano.Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Nessa partida, ao menos os gols foram bem utilizados… Os visitantes ganharam por 10×2, com direito à presença do craque e artilheiro Arthur Friedenreich.

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Grande honra em poder registrar um estádio próximo de completar seu centenário..

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Destaque para os vestiários em excelentes condições.

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Sem dúvidas, o Quirinão ficará eternizado em nossa memória…

Estádio Josué Quirino de Moraes - Novo Horizonte

Dando sequência ao nosso rolê, fomos até o segundo estádio da cidade, já tão importante quanto o Quirinão, mesmo em valor histórico, o Estádio Dr Jorge Ismael de Biasi!

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Foi aí que o Grêmio Novorizontino mandou seus jogos quando entrou pra história ao chegar na final do Campeonato Paulista de 1990 (que foi vencido pelo Bragantino).

Distintivo do Grêmio Esportivo Novorizontino

O Grêmio Esportivo Novorizontino foi fundado em 1973, na época com o nome de Pima Futebol Clube.

Distintivo do PIMA FC

Esse foi o primeiro time:

Primeiro time do PIMA

PIMA era o nome de uma fábrica de calçados, e mesmo com todas as dificuldades possíveis, o time foi bicampeão de 1974 e 1975. Com isso, se inscreveram na 3ª divisão do Campeonato Paulista, e foi aí que surgiu o “Grêmio Esportivo Novorizontino” (como homenagem ao Grêmio Porto Alegrense).

E cá estamos nós, no seu atual estádio!

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Pudemos dar uma volta na parte interna do estádio!

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Dá uma olhada no vídeo que fizemos lá!

As cores amarelo e preto são originárias da fábrica de sapatos e daí, veio o Tigre como mascote.

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

O nome do estádio é homenagem ao empresário Dr. Jorge Ismael de Biasi, que assumiu a presidência do time em 1977, conquistando títulos e revelando jogadores como Paulo Sérgio, Márcio Santos (ambos da Seleção tetracampeã), Maurício (goleiro do Corinthians), Helder, Alessandro Cambalhota (ambos do Santos), Luís Carlos Goiano (do Grêmio de Porto Alegre), e muitos outros.

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Sob sua gestão, o time foi vice campeão da série A3, em 1981

Novorizontino 1981

Ele também estava no comando em 1990, e esse era o time:

Novorizontino 1990

É muito legal poder conhecer, mesmo sem acompanhar uma partida oficial!

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

O estádio tem capacidade para 16.000 pessoas.

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Em 1994, a família Chedid assumiu o Novorizontino e a partir daí, o clube enfrentou uma série de quedas até 1999, quando enfim… acabou afastado do futebol profissional, para a tristeza da cidade.

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Quase 11 anos depois… Em março de 2010, nasce o Grêmio Novorizontino.

Distintivo Grêmio Novorizontino

Assim, a partir de 2012, o Estádio Jorge Ismael de Biasi começa a receber competições oficiais do Novorizontino começando pela infernal Série B do Campeonato Paulista de Futebol (a 4ª divisão ), graças a uma parceria com o Paulínia, que não pôde disputá-la.

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Momento caras e poses:

Estádio do Novorizontino

Estádio do Novorizontino

Estádio do Novorizontino

Estádio do Novorizontino

Aos poucos, o Novorizontino foi vencendo os degraus…. Em 2014, foi campeão da A3:Novorizontino 2014

Até voltar à primeira divisão do Paulista.

Achei legal as cadeiras cativas com o nome das pessoas:

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Essa é a entrada de visitantes:

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

Aqui dá pra ter ideia de como era a região na época inicial do estádio!

Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi - Novorizontino

A nós, fica o agradecimento ao pessoal que estava no Estádio e nos permitiu entrar e fotografar. E seguimos viagem, sentido Itajobi!

Itajobi

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

 

Salvar

Salvar

Salvar

SalvarSalvarSalvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Tour interior paulista 2017 – Parte 3: Ibitinga

Ibitinga

Depois de passar por Bariri, a terceira parte do nosso rolê nos levou até Ibitinga, cidade onde vivem cerca de 50 mil habitantes, e que é bastante conhecida como a capital nacional dos bordados, tanto que em julho de 2017 acontecerá a 44a edição da feira do setor!

44a feira do bordado de ibitinga

A cidade ainda está cercada de natureza e acabamos ficando numa pousada no meio de toda essa vida!

Ibitinga

Ibitinga

Acordamos com o cantar do galo, e curtimos a neblina da manhã!

Ibitinga

Ibitinga

Ibitinga

Chegamos na cidade bem no dia da festa da igreja local, em comemoração ao Corpus Christie.

Ibitinga - Festa Corpus Christi

Aí não teve outro jeito, se não… curtir a festa.

Ibitinga

Ibitinga

Com destaque para as deliciosas goiabas vendidas na rua, no meio de uma feira que oferecia de tudo!

Ibitinga - Goiabas

Sempre achei que já tinha ouvido falar de Ibitinga, e não achava que era por causa dos bordados. Só quando voltamos para Santo André é que lembrei da polêmica fonte restaurada! Por sorte, tinha tirado uma foto dela!

Ibitinga

Essa é a foto que compara como é e como ela era.

Fonte em ibitinga - antes e depois

Um outro registro importante que fizemos foi de algumas construções que mantém a arquitetura do início do século passado.

Ibitinga

Ibitinga

Essa era a antiga estação de trem da cidade:

Ibitinga

A noite fomos jantar na “La Bella Pizzaria”.

Ibitinga - La Bella Pizzaria

Ibitinga

Mas, nosso objetivo na cidade era conhecer a casa dos times locais, o Estádio Manoel Martins, onde o Americano e o Rio Branco mandaram seus jogos nas disputas oficiais da Federação Paulista de Futebol.

O Americano Esporte Clube participou de apenas um campeonato profissional estadual, em 1977, sem muita expressão.

Distintivo do Americano Esporte Clube

Já o EC Rio Branco teve uma história mais completa, tendo iniciado no amadorismo e depois chegando a disputar as divisões de acesso até suspender as atividades por problemas financeiros.

Distintivo do EC Rio Branco de Ibitinga

Atualmente só o Rio Branco segue existindo, no futebol amador e ainda usando o estádio Manoel Martins.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

O time entrou pra história ao se tornar campeão paulista da terceira divisão, em 1970. Na disputa, o time só perdeu uma partida (para o Nevense). Na final venceu o Sertãozinho por 2 a 0. Este foi o time campeão:

Time do Rio Branco de Ibitinga campeão da terceira divisão de 1970

Mas, a história do time é antiga. Foi fundado em 1926 como Rio Branco Futebol Clube, recebendo a atual denominação em 1946. É bacana ver o time ainda vivo, nos dias atuais. E claro, fica o sonho de ver o time de volta no profissionalismo…

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Outro time da cidade fez história nesse estádio, mas na disputa do amador. O América Esporte Clube  conquistou o título do Campeonato de Futebol Amador do Interior, em 1950.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

 

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

O Rio Branco disputou 18 Campeonatos Paulista de Futebol, marca de respeito, que permanecerá imbatível por muito tempo na história de Ibitinga.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

O estádio segue lá…. Com suas bancadas esperando a volta da torcida…

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Fizemos um vídeo na parte interna do estádio, pra se ter uma melhor ideia de como ele é, dá uma olhada:

Com o título de 1970, o Rio Branco disputou a divisão de acesso para a elite do futebol paulista (equivalente a A-2 atual), mas no ano seguinte, afastou-se dos gramados.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Pausa para o momento “natureza” no estádio, com o pouso dos pássaros no alambrado.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Em 1976, o Rio Branco retornou aos gramados profissionais, na Terceira Divisão, e disputou mais 12 temporadas nos campeonatos da Federação Paulista de Futebol, quando finalmente licenciou-se até os dias atuais.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Restam a memória e as lembranças. E um estádio que já teve dias de glória, com a torcida fazendo parte integrante do dia a dia e da cultura da cidade.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Agora, o time sobrevive no amador, mas acredite, as dificuldades são maiores do que se pode pensar.

Em 2014, o vestiário do time foi incendiado, queimando boa parte de sua memória, incluindo troféus do passado…

Aparentemente, tudo já foi reformado e as coisas parecem seguir dentro do possível…

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Fica nossa esperança de que o time continue a existir, enfrentando todas as dificuldades que surgirem.

Estádio Manoel Martins - Ibitinga

Antes de seguir nossa viagem, também tivemos tempo para dar uma parada no Estádio Municipal de Ibitinga e registrar algumas imagens.

Estádio Municipal de Ibitinga - Nicolão

Estádio Municipal de Ibitinga - Nicolão

Não encontrei registro de partidas oficiais disputadas neste estádio, apenas amadoras. Mas fica um vídeo pra conhecermos também este estádio.

E nós, seguimos na estrada, dessa vez, indo até Novo Horizonte!

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

 

Salvar

Salvar

SalvarSalvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Tour interior paulista 2017 – Parte 2: Bariri

Brasão de Bariri

Dando sequência ao nosso rolê de “Pré inverno”, saímos de Barra Bonita (veja aqui como foi) e chegamos em Bariri, cidade logo após Jaú (já estivemos lá outra vez, por isso não a incluímos em nosso roteiro, mas veja aqui como foi acompanhar uma partida do XV e aqui como foi uma visita ao Estádio Zezinho Magalhães).

Bariri

Atualmente cerca de 40 mil pessoas vivem em Bariri. A principal fonte de renda do município são as suas indústrias e a agricultura, com foco na cana-de-açúcar.

Almoçamos por lá, no restaurante “Sucata”.

Bariri

Demos um rápido rolê pelo centro, pra pelo menos curtir um pouco da arquitetura ainda preservada em diversas casas e comércios.

Arquitetura Bariri

Bariri

É muito legal ver que as coisas podem continuar a existir mantendo uma série de construções lindas de quase cem anos de história!

Bariri

Como não podia deixar de faltar… A igreja e a praça matriz!

Bariri

Falando um pouco sobre o futebol na cidade, vale ressaltar que já existiram vários times defendendo a cidade, do Sport Clube Resegue, time da tradicional família Resegue:

Distintivo Sociedade Esportiva Resegue

Time do Sport Clube Resegue

Depois tivemos o EC Municipal:

Distintivo do Esporte Clube Municipal

O EC Bariri, que usava o próprio brasão da cidade como distintivo:

Distintivo do EC Bariri

E, por fim, o polêmico CAL Bariri, que foi o time do Clube Atlético Lençoense que migrou para a cidade e passou a mandar ali os seus jogos.

Distintivo CAL Bariri

Já vimos um jogo contra o CAL Bariri, em 2009, lá em Paulínia, contra o time local. Clique aqui e lembre como foi .

Paulinia x CAL Bariri

Nossa missão era conhecer e registrar o Estádio Municipal Farid Jorge Resegue, palco de todos esses times locais.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

O Estádio fica em um quarteirão que tem em um de suas esquinas o cruzamento da São João com a General Osório, numa rua bem pacata.

Estádio Farid Jorge Resegue

Bariri

Para tirar umas fotos de dentro, encontramos um “novo portão” de acesso.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

E grata surpresa! Um estádio que parece ter parado no tempo, do ponto de vista do charme e da arquitetura típica do início do século XX!

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

A pergunta que fica é: quantas histórias, partidas e aventuras não devem ter acontecidas nesse campo? Da nossa parte segue o orgulho em registrar mais um templo do futebol, que torcemos volte a ser utilizado nas disputas oficiais da Federação Paulista!

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Por hora, os muros estão passando por uma reforma, e aparentemente também alguns detalhes da parte interna. Mas olha que interessante o entorno do campo feito em paralelepípedos!

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Que a energia siga viva!

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Vamos dar um giro via vídeo?

Gosto muito quando os estádios conseguem manter as árvores ao seu redor, deixando uma cara mais “ecológica”.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Olha aí o banco de reservas.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Interessante como os gramados seguem bem cuidados. Parece que o futebol amador vem fazendo bom uso do estádio.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Em 2009, o Lençoense trouxe o futebol profissional de volta ao estádio, desde que o Sport Club Resegue disputou as divisões inferiores, na década de 1960.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Suas arquibancadas tem capacidade para cerca de 3 mil torcedores, mas segue esvaziada depois que o CAL Bariri se licenciou da Federação.

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

Mesmo sabendo das dificuldades para se manter um time de futebol, seguimos na torcida para que a cidade de Bariri consiga o mais cedo possível um time para chamar de seu e voltar a ocupar o Estádio Farid Jorge Resegue!

Estádio Farid Jorge Resegue - Bariri

E de Bariri, seguimos caminho para Ibitinga!

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Tour interior paulista 2017 – Parte 1: Barra Bonita

Pessoal, com este post, começamos a dividir com vocês o nosso rolê de “Pré Inverno”, pelo interior paulista, dividido em 11 capítulos, um para cada cidade que visitamos, nos 4 dias de feriado prolongado.

Estrada para Barra Bonita

A primeira parte da viagem foi até nossa “base” em Cosmópolis (terra da Funilense), de onde saímos na 5a feira bem cedinho, rumo à estância turística de Barra Bonita.

Estrada para Barra Bonita

Saímos com um belo sol, mas… a estrada sempre guarda surpresas e na altura de Rio Claro, dá uma olhada na neblina que a gente pegou…

Estrada para Barra Bonita

Mesmo assim, após duas horinhas de estrada, o sol voltou e enfim chegamos à Barra Bonita!

Barra Bonita

Muita gente acha que somos apenas fanáticos por futebol (ou idiotas por gastar dinheiro com gasolina e pedágio em busca de times e estádios), mas vale ressaltar que além do futebol, sempre procuramos entender e vivenciar um pouco dos lugares que visitamos.

Barra Bonita

E com Barra Bonita, não foi diferente! Principalmente pelo apelo turístico que a cidade possui naturalmente, graças ao rio Tietê.

Barra Bonita

A cidade possui um memorial com várias informações e imagens sobre o rio Tietê, que vale a pena ser visitado.

Barra Bonita

Rio Tiete

Pra quem nunca esteve frente ao rio Tietê na sua fase “pós poluição” deve até ser estranho ver uma imagem tão bonita!

Barra Bonita

E, já que estávamos por lá, fomos fazer o passeio de barco, pelo rio, incluindo a visita pela Eclusa (o “elevador” aquático que liga dois pontos de diferentes níveis do Tietê).

Barra Bonita

Barra Bonita

O passeio é muito legal e bem barato! Vale a pena conhecer mais com o pessoal da “Navegação Fluvial do Tietê“. O preço varia entre R$ 30 e R$ 90 em passeio com ou sem almoço, e de 1h30 até 3 horas (estamos em junho/2017, não sei se quando você ler isto, sofreu algum aumento).

Barra Bonita

Fizemos o passeio menor (e depois percebemos que valeria a pena ter feito o maior), que nos levou até a eclusa, passando pela prainha que vive cheia no verão.

Barra Bonita

Barra Bonita

Eu e a Mari já conhecíamos o passeio, mas fazia tanto tempo que valeu a pena fazer de novo.

Barra Bonita

Barra Bonita

O passeio é gostoso, os barcos são super seguros e modernos e a paisagem é muito bonita!

Barra Bonita

A imagem da represa e da água caindo é algo marcante!

 Barra Bonita

Dá uma olhada no vídeo que fizemos:

Mas, claro que aproveitamos nossa passagem pela cidade para conhecer um pouco dos dois times locais que já disputaram as competições oficiais da Federação Paulista de Futebol: o CA Botafogo e a AA Barra Bonita!

Distintivo do CA Botafogo e AA Barra Bonita

O Clube Atlético Botafogo foi fundado em 1968, por iniciativa de Benedito Alcindo Biazetti, ex treinador dos times do “Infantil” e do “Juvenil” da AA. Barra Bonita.

Seu campo sede atual fica na charmosa rua “Fiori Gigliotti”:

Estádio do Botafogo - Barra Bonita

No começo o time chegou a jogar usando as camisas da Ponte Preta, com a denominação de “Juvenil Ponte Preta Junior”.
Sua primeira partida oficial foi um amistoso disputado contra a Associação Atlética Sãomanuelense, no Estádio Vicentão. O resultado final foi um 3×2 para os visitantes.

Estádio do Botafogo - Barra Bonita

O time passou vários anos disputando campeonatos amadores, até que em 1976, sagrou-se Campeão Amador do Interior do Estado de São Paulo, numa época em que esse campeonato era tão valioso ou até mais quanto as atuais divisões de acesso.

CA Botafogo campeão amador do estado 1976

Segundo depoimentos de moradores locais (Benedito Alcindo Biazetti e José Antonio Molina), a comemoração ganhou as ruas da cidade, com o desfile dos campeões, bandeiras, carros, buzinas, instrumentos musicais, numa animação única que terminou em carnaval na Avenida Pedro Ometto.

Estádio do Botafogo - Barra Bonita

Nos anos seguintes, o time virou febre na cidade, jogando sempre com casa cheia e tendo torcida inclusive nas partidas como visitante. Em 1977, o time venceu o o Campeonato Regional, mas na final Estadual acabou derrotado para o Rigesa de Valinhos.

Estádio do Botafogo - Barra Bonita

Infelizmente, no dia em que visitamos o estádio, ele estava fechado, mas o amigo e também admirador do futebol do interior, Emerson Gomes, que é lá de Mauá, esteve no sábado e dividiu com a gente algumas imagens internas, pra matar a curiosidade:

Estádio do Botafogo de Barra Bonita

O estádio tem uma pequena arquibancada junto a lateral e várias árvores ao seu redor.

Estádio do CA Botafogo de Barra Bonita

Confesso que não tenho certeza se o Botafogo chegou a mandar seus jogos pela Federação Paulista nesse estádio, é mais provável que tenham jogado no estádio municipal, que é maior e tem uma estrutura mais profissional, mas o lugar é bem bacana!

Estádio do Botafogo - Barra Bonita

Estádio do CA Botafogo de Barra Bonita

O Emerson conseguiu ainda uma camisa atual do time:

Camisa do Botafogo de Barra Bonita

Fica nosso registro da entrada do campo:

O outro time da cidade, a AA Barra Bonita, teve uma participação mais constante nas disputas da Federação Paulista, e mandou seus jogos no Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin, o “Vicentão”.

Dê uma olhada no vídeo que fizemos:

O estádio fica num bairro tranquilo, em meio ao comércio local.

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Segundo a placa local, o estádio foi construído no início da década de 60, e entregue em 1963.

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Mais um registro de um estádio que ainda não conhecíamos!

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin

Vamos dar uma olhada por dentro?

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Possui uma bonita arquibancada coberta:

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Além disso, possui um lance de arquibancadas descobertas atrás dos gols.

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

A Associação Atlética Barra Bonita foi fundada em 1923 e participou de oito edições do Campeonato Paulista de Futebol, entre a terceira e quarta divisão.

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Essas arquibancadas já estiveram repletas de torcedores, principalmente em dia de jogo contra o rival Noroeste.

Porém, o maior trunfo do alvinegro barra-bonitense é o título da terceira divisão de 1982. O campeonato veio após vitória sobre o José Bonifácio no último jogo do quadrangular final (em que participavam ainda a União Funilense de Cosmópolis e Palmeirinha de Porto Ferreira).

AA Barra Bonita 1982

Infelizmente o clube se licenciaria da Federação 2 anos depois, para a tristeza da torcida, entre elas Paulo Roberto Siqueira, o “Paul Girls” que frequentava o campo com uma capa e chapéu preto, dizendo se uma espécie de talismã do time local!

Paul girls

O cenário típico do interior paulista, com o campo e a natureza ao fundo…

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Enfim, mais uma missão cumprida em registrar um pedaço da história do futebol!

Estádio Municipal Vicente Zenaro Manin - Barra Bonita

Ah, vale dizer que o amigo Emerson também conseguiu uma camisa da AA Barra Bonita:

Camisa da AA Barra Bonita

E ainda deu um pulo lá na sede do clube:

AA Barra Bonita

Nós, que ainda estávamos iniciando o rolê, voltamos à estrada para a nossa segunda parada: a cidade de Bariri!

Barra Bonita

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Salvar

Salvar

SalvarSalvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

José Bonifácio x VOCEM – série B do Paulista 2017

José Bonifácio

E não é que tivemos mais uma oportunidade incrível de registrar não apenas dois times tradicionalíssimos do interior paulista, mas também um estádio que até então não conhecíamos?

A cidade da vez foi José Bonifácio, e ela fez parte do nosso “Rolê de Pré Inverno“, realizado no último feriado de Corpus Christie, onde passamos por outras 10 cidades, que em breve serão apresentadas aqui no blog!

Como o jogo seria apenas no sábado a tarde, e chegamos na sexta feira a noite, pudemos conhecer um pouco sobre a cidade, onde vivem cerca de 36 mil pessoas!

José Bonifácio EC x VOCEM

A começar pela praça da igreja (com direito a coreto também!) e pelo comércio local!

José Bonifácio

José Bonifácio

José Bonifácio

A gente almoçou no La Bodeguita, um restaurante bem legal tocado pelos próprios donos!

José Bonifácio

E jantamos no Ateliê da Pizza, num incrível rodízio de Pizzas, regado à Refrigerante Poty (de Potirendaba, outra cidade visitada nessa tour!).

José Bonifácio

José Bonifácio

De tarde ainda enchemos a cara em frente ao estádio, tomando suco de laranja e água de coco!

José Bonifácio

Mas… o sábado chegou e às 15hs era o momento certo para conhecer a cultura futebolística de José Bonifácio! E lá fomos nós!

José Bonifácio EC x VOCEM

Essa é a casa do José Bonifácio EC, que enfrentaria nada mais nada menos que o líder da competição, o VOCEM, de Assis!

José Bonifácio x VOCEM

O Estádio também é conhecido como “Pereirão” e a pressão da torcida local tem ajudado o time na luta para garantir uma das quatro vagas para a segunda fase!

José Bonifácio EC x VOCEM

O estádio não é tão antigo, segundo a placa lá instalada, ele foi fundado em 1979.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

E como a ideia é sempre apoiar, fizemos questão de comprar nossos ingressos!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Assim, enfim entramos em mais um templo do futebol, até então desconhecido por nós!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

E logo na entrada, uma surpresa: um lindo painel reunindo fotos antigas do time e do futebol na cidade! Uma iniciativa que poderia se repetir em todos os campos profissionais!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

A presença da torcida local foi boa, e deve melhorar caso o time consiga se classificar para a próxima fase. A campanha até então levara o José Bonifácio EC ao 3o lugar do Grupo.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Vamos conhecer um pouco do estádio via alguns vídeos feito por nós?

Taí o goleirão local, Jean Carlos que teve a missão de segurar o ataque do melhor time da competição até então!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

O jogo começou truncado, como a maioria das partidas da tradicional “Bezinha“, a quarta divisão paulista!

A equipe local fazia seu máximo para tentar derrubar o líder e o VOCEM respondia nos contra ataques.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Destaque para a torcida Serpente do Vale, que apoiava o time o tempo todo!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Com direito a faixa, batuque e bandeirão, o pessoal da Serpente transformou o Pereirão num caldeirão!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Vamos ouvir o pessoal da torcida cantar:

O estádio conta com 3 arquibancadas, duas nas laterais e uma atrás do gol, onde fica o pessoal da Serpente. A lateral com a arquibancada coberta estava bem cheia!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

As arquibancadas no interior tem sempre uma pegada diferente do que se costuma ver nos grandes jogos.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM

Com direito ao pessoal da rádio praticamente no meio da torcida e o pipoqueiro lá embaixo fazendo a festa do pessoal!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Em campo, o jogo seguia equilibrado, com ambas as equipes parando as iniciativas do adversário com faltas, muitas delas que levavam perigo ao gol.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Foi numa dessas faltas, que o zagueiro Alan, do VOCEM acabou expulso, para a alegria da torcida local, afinal, com um a mais, parecia que enfim cairia a invencibilidade do goleiro do VOCEM (que não levou nenhum gol desde sua estreia há 7 jogos).

Mas, o primeiro tempo terminou com muito corre corre e com o zero a zero no placar…

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

No intervalo, deu pra trocar uma ideia com o pessoal da torcida local pra saber um pouco mais sobre eles:

A volta pro segundo tempo prometia um jogo ainda mais eletrizante.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

E deu pra ver que o goleiro Neto do VOCEM realmente não está invicto a toa. Fez uma partida super tranquila, sem margem pra erros.

A torcida seguia fazendo seu papel e apoiando.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

E também aproveitou da proximidade com o gramado pra botar uma pressão no goleiro visitante!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

E olha quem apareceu pra tentar segurar o ímpeto da torcida local, do alto dos seus 1,50 metros… “Ditinho”, o preparador de goleiros do VOCEM, que já é uma figurinha carimbada desta série B.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Ditinho simplesmente assistiu o jogo no meio da torcida visitante, que soube levar na amizade e o tratou com muito respeito, mesmo sendo um adversário. Exemplo pra outras torcidas!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

O jogo foi se encaminhando para o final e mesmo pressionando, aproveitando-se do jogador a mais, mas… o zero a zero já se mostrava como placar definitivo para a tristeza da torcida local, que mesmo sabendo da importância do empate contra o líder, ouvia pelo rádio que a combinação de resultados tirava o time do José Bonifácio do G4.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Vale a pena valorizar mais um jogo sem levar gols do goleiro do VOCEM.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Também um destaque para a equipe técnica local que soube dominar o jogo, ainda que não tenha sido convertido em vitória.

José Bonifácio EC x VOCEM

Ao fim do apito, o placar apresentava…

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Mas pra nós que estivemos vindo de tão longe pra conhecer o estádio e a torcida, foi muito emocionante. Um grande abraço para o amigo Gabriel, que foi um pouco do nosso “embaixador” local.

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

E da nossa parte, fica o orgulho de ter participado e vivenciado mais uma experiência mágica!

José Bonifácio EC x VOCEM - Estádio Municipal Antonio Pereira Braga

Espero que possamos voltar à cidade para novos encontros… Por hora, obrigado a todos que fizeram da nossa viagem, um momento tão marcante..

José Bonifácio

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Em busca do estádio perdido em Porto Ferreira

Quem cruza o estado pela Anhanguera muitas vezes não sabe o número de estádios que esta estrada interliga.

Um deles, fica na cidade de Porto Ferreira, cidade cerca de 230 km distante da capital e onde vivem pouco mais de 60 mil pessoas.

A cidade é conhecida por seu comércio, mas também tem força na indústria e no agronegócio.

É cortada por vários rios, entre eles o Mogiguaçu.

Rio Mogi-Guaçu Porto Ferreira

Mas…. Estivemos ali para conhecer o Estádio Municipal da Vila Famosa, o campo onde a Sociedade Esportiva Palmeirinha manda seus jogos.

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha

Vamos registrar mais um estádio por dentro, passando pelo túnel do terror heehehehe:

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

O estádio tem capacidade atual para 5.558 pessoas, sendo que uma das arquibancadas está interditada.

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

O time do Palmerinha não disputou a Bezinha neste ano de 2017, mas mantém ativas as categorias de base.

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

Uma pena, pois o estádio está muito bem conservado!

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

Um grande momento desse estádio ocorreu na inauguração dos refletores, em 1992 com um amistoso contra o Corinthians, em que o Palmeirinha venceu por 1 a 0, gol de Júnior aos 37′ do primeiro tempo.

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

A placa indicativa com um pequeno erro de digitação…

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

Que as bancadas não permaneçam vazias em disputas profissionais por muito tempo.

Estádio da Sociedade Esportiva Palmeirinha - Vila Famosa

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar