As Mil Camisas em PodCast? Podepá!

Pessoal, será uma temporada de testes. Sem grandes estruturas, só para avaliar se fica legal. Se der certo, a gente faz uma segunda temporada…

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Postado em podcast on 13 de novembro de 2021 – 20:00 | Comentários (0)
Tagged , |

O futebol profissional em Pirajuí!

Bem vindo e bem vinda à nossa penúltima parada!!! Depois de visitar os estádios de Monte Alto, Guariba, Bebedouro, Monte Azul Paulista, Severínia, Riolândia, Cardoso, Votuporanga, Fernandópolis, Palmeira d’Oeste, Aparecida d’Oeste, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Auriflama e Araçatuba, Guararapes, Buritama, Promissão, Getulina e Lins é hora de conhecer o futebol de Pirajuí! (Não confunda com Pirajú!!!)

Como muitas das cidades que visitamos nesse rolê, o território de Pirajuí também era ocupado por indígenas Kaingangs até o final do século XIX. Também citam a presença de grupos Terenas, que vieram do Mato Grosso em busca de melhores terras, caça e pesca. Tudo seguia em paz até a chegada das expedições militares que tinham como ideia povoar aquelas terras, usando como base o binômio: agricultura + ferrovia.

Assim, foi uma questão de tempo até que os indígenas fossem varridos da região pelo “progresso”. Os poucos sobreviventes foram agrupados em reservas. E a partir de 1888, surgem os primeiros vestígios do que se tornaria o município de Pirajuí em 1915

Como sempre…. Tem uma igreja na história para agregar mais e mais pessoas em torno do povoado…

Mas a cidade prosperou mesmo graças ao cultivo do café. Em meados do século XX, foi considerada o maior município cafeeiro de todo o planeta.

Atualmente, a agricultura ainda é a base da economia da cidade, mas muitos dos jovens já se planejam para estudar e trabalhar em regiões metropolitana. E aí está sua rodoviária por onde parte das pessoas deixam a bela Pirajuí para ir atrás de seus sonhos.

Por falar em sonho, o nosso era o de conhecer e registrar o Estádio Municipal Francisco Nazareth Rocha, o “Rochão“!

Estádios do interior costumam aproveitar seus longos muros para ganhar uma graninha a mais com publicidade!

E aqui estamos nós, na casa do futebol profissional em Pirajuí!

Na mesma bilheteria que já registrou a chegada de tantos e tantas torcedoras!

Este é o outro lado do estádio, por onde “escorre” sua arquibancada.

Aliás, há uma placa na parte interna do estádio que data de 1962 a inauguração da arquibancada do Estádio Municipal.

Aliás…. vamos conhecer um pouco da parte de dentro do Estádio Municipal Francisco Nazareth Rocha

Sua arquibancada ainda está muito bem preservada! A capacidade oficial é de 2.700 torcedores.

Existe uma pequena cobertura capaz de proteger do sol ou da chuva pelo menos uns 4 lances da arquibancada.

E elas ficam lá no alto, como um verdadeiro “trono”, fazendo os torcedores serem os verdadeiros reis deste jogo!

O campo também. Nosso tradicional registro mostrando o meio campo:

O gol da esquerda:

Ao fundo, a torre da igreja…

E o gol da direita:

Ali ao fundo, pode se ver a torre de iluminação.

Mais uma missão cumprida, afinal, esta é a casa de dois times que disputaram aí os campeonatos profissionais da Federação Paulista e que fizeram também um importante papel no futebol amador.

O primeiro deles é o Pirajuí Atlético Clube.

O time foi fundado em 27 de dezembro de 1927, ainda como Pirajuhy Atlético Clube ou seja… Está há pouco mais de 5 anos de seu centenário! Aqui uma foto do time dos anos 30:

Essa é a sede social deles. Peguei a foto lá no Google Maps, porque não deu tempo de visitar o local 🙁 .

O time começou disputando os campeonatos amadores, como o Campeonato do Interior (em 1942, 44, 45, 47). Aqui, o time de 1949, campeão do Regional (e que seria bicampeão em 1950):

Mas, em 1954, o Pirajuí Atlético Clube daria seu salto mais importante rumo ao profissionalismo, disputando a Terceira Divisão, como faria depois em 1955 e 1980. Na campanha de 1955, classificou-se para a segunda fase, liderando seu grupo!

Infelizmente na segunda fase, terminou na lanterna do triangular atrás da Santacruzense e do Duartina. O Pirajuí AC disputou também a edição da quarta divisão (a atual B) em 1965, ficando em 4º lugar na 5ª série.

Por fim, foram mais duas edições da quinta divisão (atualmente extinta), em 1978 e 79. Em 1979, o time ainda se classificou para a segunda fase, liderando o seu grupo, mas terminando a fase final em último lugar:

Esse era o time do Pirajuí AC nos anos 70:

Nessa época, quem visitou a cidade para um amistoso foi o craque Garrincha!

Atualmente o departamento de futebol do clube se dedica apenas a competições amadoras. Aqui, o time dos anos 90:

O outro time da cidade, é mais novo, fundado em 24 de abril de 1972. Trata-se do Flamengo Futebol Clube de Pirajuí! Distintivo do site Escudos Gino:

O Flamengo Futebol Clube também se originou nas disputas amadoras, aqui o time de 1984 (enviada pelo ex jogador Luiz Carlos Lopes Scafina):

Mas em 1986, o Flamengo seguiu os caminhos do Pirajuí AC e debutou na Terceira Divisão, terminando a poucos pontos da classificação para a segunda fase.

Depois, participou da Quarta Divisão em 1988, 89 e sua última participação no torneio seletivo para a Segunda Divisão de 1991, terminando nas últimas colocações em todos os campeonatos. No ano seguinte, pediu licença junto a Federação Paulista de Futebol.

O time pirajuense voltou à atividade amadoras em 2011 para a disputa do Campeonato Paulista de Futebol – Segunda Divisão Sub-20 e depois para participar da São Paulo Cup 2019, competição organizada pela Global Scouting Football. O Flamengo jogou com o time abaixo:

É isso aí! Frequente o estádio da sua cidade!

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Grupos do Campeonato Paulista 2022

Para quem é apaixonado pelo Campeonato Paulista, tem notícia importante!! Acaba de rolar o sorteio dos grupos do Paulistão 2022, confira com quem seu time vai jogar:

Lembre, seu time não joga contra os outros times do mesmo grupo, e os dois primeiros de cada grupo fazem entre eles a quarta de final em jogo único

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Oitavas de final da Copa Santo André

Aclimação EC x União Andreense

Com os problemas gerados pela pandemia, todo mundo estava ansioso pela Copa Santo André 2021! Assim, a várzea de Santo André está em festa e ao mesmo tempo as torcidas estão com os nervos a flor da pele, já que é um mata mata que não permite vacilo! Maiores informações podem ser vistas na fanpage da página da Copa (clique aqui).

A Copa Santo André tem cobertura do pessoal da TVila Sports (clique aqui e conheça a fanpage dos caras), o canal de TV focado em esportes, que nasceu para ser a voz que sempre faltou à periferia.

As oitavas de final já chegaram com jogos eletrizantes! E sabendo da importância desse rolê, a gente não podia ficar de fora, e fomos acompanhar Aclimação EC x União Andreense FC!

Então, sigamos para a Estrada do Cata Preta, 810, lá na Vila João Ramalho.

Além deste jogo, as oitavas de final da Copa contaram com: Val Paraíso 4×0 Boa Esperança, Batuquinho 1×1 União São Luiz (2×1 nos penaltys), Comercial 2×2 SAJEA (2×1 nos penaltys), Humaitá x Sorocaba, União do Morro x União da Vila, Unidos da FG x União Jardim Stela, Flamenguinho 2×4 Vila Sá. Mas, voltemos à Arena Jardim Irene para a nossa partida!

E chegando no campo, muito bacana ver como as torcidas abraçam o futebol na várzea!

Estivemos bem acompanhados nessa partida, pelo amigo “Gó”, uma figura tradicional nas arquibancadas de Santo André

A torcida do Aclimação EC se fez presente na Arena Jardim Arena!

E o pessoal do União Andreense, também! Olha aí a faixa da Torcida Organizada Fanáticos de Amor!

Dá uma olhada no clima! do estádio

O campo foi reformado recentemente e é muito importante ter espaços como esse para a comunidade local e pra todos que amam o futebol.

Diferente dos jogos profissionais, a várzea ainda permite as bandeiras com mastro, dando um clima especial à bancada!

Em campo, o Aclimação começou quente e logo fez 1×0, para a festa da torcida. Será que o time repetiria a goleada da rodada anterior?

Minutos depois, outra grande chance pro Aclimação e a torcida foi a loucura!

Quase esqueço de fazer nosso tradicional registro. Aqui, o meio campo:

O gol da esquerda (para quem está ali na arquibancada):

E o gol da direita:

E olha lá o escanteio pro time grená!

Não vou contar hoje a história do Aclimação EC hoje, porque teremos um post específico sobre o time, uma vez que o time representou a cidade de Santo André na terceira divisão do Campeonato Paulista de 1982.

Olha que linda é a camisa alvi-grená!

E se você reparar no detalhe do chapéu, verá que o Aclimação não se limita ao futebol masculino… Olha a várzea dando mais uma lição aos times profissionais!

O Aclimação é sem dúvida, um time com muita tradição e importância no futebol de Santo André e isso se reflete em uma torcida apaixonada e sempre presente!

Embora o Aclimação tivesse começado melhor, o União Andreense não perdeu a cabeça e seguiu apertando, aproveitando alguns contra ataques.

Fim do primeiro tempo e o time do União Andreense se reuniu para propor uma estratégia capaz de furar o bloqueio do Aclimação.

Mas o Aclimação também não deixou de se apoiar como time para garantir a classificação às quartas de final!

Ou seja… O segundo tempo prometia!!! O jogo seguiu parelho e muito disputado, e quem achava que o 1×0 estava garantido… O União Andreense chegou ao empate, colocando fogo na partida!

É necessário dizer que o jogo foi disputado, mas muito leal, sem nenhum tipo de problema.

Além disso, diferente de muitos jogos do futebol profissional, o jogo não teve nenhum momento de ficar só no chutão e bola pro alto, os dois times saiam pra propor o jogo e criavam oportunidades para vencer a partida!

Imagina a tensão da torcida do Aclimação … A partida estava caminhando para decisão por penaltys…

Mas a tensão logo se transformaria em festa… O Aclimação fez 2×1 já no finzinho do jogo e sacramentou sua classificação para as quartas de final!

E vamos à festa, torcida!!!

E que a festa se multiplique em todos os campos, de todos os bairros e quebradas de Santo André, mostrando que o futebol é mesmo uma manifestação cultural do povo brasileiro! Parabéns a todos os times, torcidas e envolvidos na organização da Copa Santo André, que já é um sucesso!

APOIE O TIME DA SUA QUEBRADA!

As Mil Camisas de volta a Lins!

Hora de um respiro entre tantas cidades que estamos passando pela primeira vez. Depois de termos passado por Monte Alto, Guariba, Bebedouro, Monte Azul Paulista, Severínia, Riolândia, Cardoso, Votuporanga, Fernandópolis, Palmeira d’Oeste, Aparecida d’Oeste, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Auriflama, Araçatuba, Guararapes, Buritama, Promissão e Getulina, é hora de revermos a cidade de Lins!

Como dito acima, já estivemos em Lins para registrar o Estádio Municipal Gilberto Siqueira Lopes, tradicional Gilbertão! Clique aqui e veja como foi!

Vale lembrar que já escrevemos um post sobre o CA Linense (clique aqui e veja o que escrevemos!):

De lá pra cá, muita coisa mudou, mas o Gilbertão segue por lá!

Fizemos questão de dar um pulinho pra registrar a casa do CA Linense!

A bilheteria segue esperando a volta dos torcedores!

Outra coisa que, infelizmente não mudou, nem nunca mais mudará é o Estádio dos Eucaliptos, a primeira casa do CA Linense e que atualmente é um supermercado. Conseguimos bater um papo com um dos antigos frequentadores, que chegou a trabalhar como vendedor dentro do campo.

E olha que foto linda daquela época!

Mas…. Não falamos nem no post da nossa primeira visita e nem no post sobre a nossa camisa sobre uma outra coisa importante relacionada ao futebol de Lins: o time do Clube Atlético Comercial!

Embora não seja tão tradicional quanto o CA Linense (que é de 1927) o CA Comercial também não deixa de ser histórico, já que foi fundado em 1938, na época sob o nome de Comercial Futebol Clube

Esse é o time de 1941, que disputou diversas competições amadores (direto do site História do futebol:

Mas o CA Comercial foi além e em 1949 se aventurou no profissionalismo e disputou seu único Campeonato Paulista, o da Segunda Divisão (vale citar como curiosidade que este foi a 3ª edição organizada pela Federação Paulista de Futebol). A campanha foi bem fraca:

Após sua aventura no profissionalismo, o time voltou ao amadorismo. E nós… Fomos saborear uma pizza!

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

O futebol profissional em Getulina!

E lá vamos nós a essa cidade de nome intrigante! Será a terra de Getúlio Vargas em pleno estado de São Paulo, dito “constitucionalista”, e que por isso declarou guerra em 1932, ao político gaúcho? Vamos descobrir isso e um pouco de sua história no futebol profissional na cidade de Getulina, após passarmos por Monte Alto, Guariba, Bebedouro, Monte Azul Paulista, Severínia, Riolândia, Cardoso, Votuporanga, Fernandópolis, Palmeira d’Oeste, Aparecida d’Oeste, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Auriflama, Araçatuba, Guararapes, Buritama e Promissão.

A cidade nasceu de um pequeno território formado entre o Rio Feio e o Ribeirão Tibiriçá, em 1917 para abrigar equipes de trabalho responsáveis por construir a estrada para o Município de Garça. E logo…. surge uma capela, que se tornaria o “imã” para novos moradores.

Mas o seu nome não é uma homenagem a Getúlio… Trata-se de uma homenagem à Getulina, uma das desbravadoras (ou destruidoras?) das matas da região do Noroeste do Brasil. Em 1935, Getulina foi eleveada a município. A cidade ainda preserva na arquitetura vários casarões do passado.

E também mantém aquele ar tranquilo das cadeiras na varanda de casa…

E não só o nome da cidade não é uma homenagem a Getúlio Vargas, como a cidade faz questão de exibir seu apoioa à revolução constitucionalista de 1932.

Além disso, no ano seguinte ao início dessa verdadeira guerra civil brasileira, em 19 de novembro de 1933, surgia o Clube Atlético 9 de Julho!

O CA 9 de Julho como a maioria dos times passou uma boa fase disputando as competições amadoras da região, mas em 1951 estreou no profissionalismo, num ano em que o futebol paulista se dividia em apenas 2 divisões, ou seja… Getulina se viu em meio à 2a divisão do Campeonato Paulista. A campanha foi…. bem ruim…

Em 1952, novamente na segunda divisão, o CA 9 de Julho também não atingiu bons resultados.

Os maus resultados fizeram o CA 9 de Julho se licenciar e só voltar ao futebol profissional na Terceira Divisão em 1957, onde ficou até 1959, destaque para a campanha de 1957, quando se classificou para a segunda fase:

Mas na segunda fase, terminou na penúltima colocação.

Aqui, a campanha de 1958:

E por fim, sua última participação no futebol profissional, em 1959, fechando em último lugar e desanimando o pessoal para seguir no profissional.

O Clube Atlético 9 de Julho mandou os seus jogos no Estádio Municipal, que no passado se chamou Estádio Pedro de Toledo, e atualmente se chama Estádio Pedro Benedito Nascimento.

O Estádio tem o apelido de Pixoxó. Até onde eu pesquisei, Pixoxó é o nome de um pássaro e também foi um político dos anos 50, mas não sei qual a razão para o apelido do estádio ser esse, você sabe?

Aparentemente, a última gestão da prefeitura municipal fez algumas melhorias no estádio.

Bacana o grafite do cara tocando a mão com a Mari!

“Respeite a arte. Respeite o esporte”.

Destaque para a linda arquibancada coberta, com uma pequena cabine para transmissão.

Perceba como o gol fica há poucos metros a frente das casas:

Além de ver a igreja ao fundo, perceba as torres de iluminação.

E olha que linda essa imagem do estádio na época em que ainda se chamava Estádio Pedro de Toledo, com uma arquibancada lotada e com o distintivo do CA 9 de Julho lá estampado na parte central:

Aqui, um olhar do campo todo.

Essas fotos foram feitas do morro ao lado do Estádio!

E esse espaço? Seria para a arbitragem?

Aqui, a vista do gol que fica pertinho das casas, feita do lado da arquibancada, ou seja, o gol do lado esquerdo:

E aqui o gol da direita, e lá no fundo o morro de onde fiz as outras fotos!

O meio campo, com um gramado bem cuidado, também com os seus postes de iluminação ali… literalmente bem “postados”!

E aqui, a arquibancada coberta começa a se revelar…

São apenas 8 lances de arquibancada, uma capacidade bastante reduzida, mas que garante a proteção das intempéries do clima.

Se aquelas fotos do fundo foram feitas de cima do morro, essas da arquibancada foram feitas de cima do muro:

Olha aí a entrada do estádio (que estava fechada, diga se de passagem!).

Hora de ir embora, mas não sem antes registrar um grafite em frente ao estádio em homenagem aos Trapalhões.

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

O futebol profissional em Promissão!

Já na parte final desse rolê de setembro de 2021, depois de passar por Monte Alto, Guariba, Bebedouro, Monte Azul Paulista, Severínia, Riolândia, Cardoso, Votuporanga, Fernandópolis, Palmeira d’Oeste, Aparecida d’Oeste, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Auriflama, Araçatuba, Guararapes e Buritama, chegou a vez de conhecer o Estádio de Promissão, a 18ª cidade!

A origem da cidade está ligada ao confronto entre os indígenas locais e os posseiros, que invadiam as terras da região. Nesta época, os indígenas eram vistos como um grande empecilho do desenvolvimento do estado…

Vale ler o livro “Índios no Estado de São Paulo: resistência e transfiguração” sobre o tema:

O progresso não podia esperar, fosse pelas plantações de café que tomavam cada vez mais conta do interior, ou o desenvolvimento da Estrada de Ferro. No caso de Promissão, a Estação Ferroviária “Hector Legru” que seria inaugurada em fevereiro de 1908 veio dar apoio aos que passavam a ocupar essa terra. Foto do Blog do Giesbrecht:

A partir daí, o caminho estava aberto para novos habitantes, e seria inclusive a primeira cidade do Brasil a receber imigrantes japoneses. Em 1923, adquire autonomia municipal.

Nossa missão em Promissão era de registrar o Estádio Municipal Verano Piromalli.

A inauguração do estádio foi em 13 de julho de 1930. Aqui uma bela matéria sobre o evento (Fonte: História do Futebol).

E lá vamos nós para conhecer mais um estádio do interior de São Paulo, na pacata cidade de Promissão

O Estádio Municipal Verano Piromalli. estava fechado 🙁

O jeito foi fazer um vídeo por cima do muro pra você conhecer um pouco do campo e da parte interna:

Aqui, o gol do lado esquerdo da arquibancada:

Aqui o gol do lado direito, com uma palmeira muito bonita ali atrás!

O Estádio Municipal Verano Piromalli possui uma bela arquibancada coberta, que cobre quase toda a lateral!

No site História do Futebol existe uma linda foto de um postal do estádio, provavelmente nos anos 50 ou 60. Aparentemente, existia um lance central pequeno de arquibancada coberta e dois lances descobertos, que no futuro acabou se tornando a arquibancada acima.

Em 2021, o Estádio Municipal Verano Piromalli passou por uma reforma, com troca do gramado, com aumento das marcações para o padrão FIFA, telas de proteção, caixa d´água para irrigação, reforma dos vestiários, entre outros detalhes.

O Estádio foi a casa dos dois times que representaram a cidade no futebol profissional!

O mais antigo deles é o Promissão Esporte Clube (o distintivo vem do site Futebol Nacional), fundado em 26 de fevereiro de 1957:

Tá a fim de uma camisa retrô do Promissão Esporte Clube? O site Só Futebol Brasil oferece dois modelos (branca e preta):

O Promissão Esporte Clube estreou no profissionalismo em 1964, na 4a Divisão (chamada naquele ano de “Terceira Divisão”, uma vez que o primeiro nível era chamado de “Divisão especial”) e, para surpresa geral, outro time de Promissão disputou esse mesmo campeoanto: o Clube Atlético Internacional, fundado oficialmente em 1958. O distintivo veio do site Arquivos Futebol Brasil:

Tá a fim de uma camisa retrô do CA Internacional de Promissão? O site Só Futebol Brasil oferece dois modelos (branca e vermelha):

Veja a participação do Clube Atlético Internacional naquela 3ª divisão de 1964, que, como eu já disse, equivalia ao quarto nível do Campeonato Paulista:

E assim terminou aquele campeonato, com o time do Promissão EC em 3º lugar, a um ponto da classificação e o CA Internacional em último lugar…

Em 1965, apenas o Promissão EC seguiu na disputa, mas sua má campanha (veja tabela abaixo) acabou fazendo com que o time desistisse do profissional e seguisse no amador até os dias de hoje.

Vale ressaltar que nos anos 80, a cidade teve um time feminino que também jogou no Estádio:

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!