Rolê 2018 pelo interior paulista: Osvaldo Cruz (parte 8 de 27)

brasão de Osvaldo Cruz

Osvaldo Cruz

E assim, após registrar estádios de 7 cidades do interior paulista (Lençóis Paulista, Agudos, Gália, Garça, Vera Cruz, Oriente e Quintana) sem contar os dois jogos que já descrevemos em Andradina e em Tupã, enfim chegamos à Osvaldo Cruz, onde passamos a noite de 5a para 6a feira.

Osvaldo Cruz

Cerca de 32 mil pessoas vivem em Osvaldo Cruz. A cidade possui um forte comércio, referência para a região. Destaque para a feira noturna de 5a feira:

Osvaldo Cruz

Mas ainda existem lembranças de uma cidade de interior… Olha as tradicionais bolinhas de gude para alegrar a molecada local:

Osvaldo Cruz

Mas, chegamos a noite, cansados das aventuras do dia anterior, então fomos comer uma pizza no centro da cidade (Pizzaria Firenze) e fomos dormir.

Osvaldo Cruz

No dia seguinte, saímos cedo do hotel em que ficamos para finalmente conhecer o estádio municipal, tão rico em histórias.

Osvaldo Cruz

Nem deu pra pegar uma piscina (geladaaaaaaa!!).

Osvaldo Cruz

E enfim… Chegamos ao Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val (uma quadra do hotel onde estávamos):

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Vamos conhecê-lo melhor, entrando em mais esse templo do futebol!

A história do Estádio Breno Ribeiro do Val está diretamente ligada à do futebol em Osvaldo Cruz.

O primeiro time a disputar uma partida oficial pelo Campeonato Paulista foi a Associação Atlética Osvaldo Cruz.

O time surgiu em 1951, com a fusão de outros dois clubes que só se dedicavam ao amadorismo: Califórnia FC (de 1942) e Bandeirantes (de 1950).

O “Azulão” (como era conhecida a AA Osvaldo Cruz) venceu o seu “setor” do campeonato amador de 1955, mesmo ano da inauguração do estádio, permitindo assim a disputa da terceira divisão de 1956.

O time disputaria os campeonatos oficiais até 1966. Aqui, alguns dos elencos:

AA Osvaldo Cruz

AA Osvaldo Cruz

AA Osvaldo Cruz

AA Osvaldo Cruz

AA Osvaldo Cruz

AA Osvaldo Cruz

O primeiro jogo disputado no Breno Ribeiro foi: Associação Atlética Osvaldo Cruz 1 x 8 Palmeiras.

Aqui, algumas placas indicando a capacidade do estádio:

E relembrando a última reforma:

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

E desta vez uma bilheteria que está funcionando!!!

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

As arquibancadas ainda guardam muitas memórias dos bons tempos!!

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Tem atualmente a capacidade para 11.784 espectadores.

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Em 1967, a “Associação Esportiva Osvaldo Cruz“, também chamada de “Esportiva” substitui o “Azulão” como time da cidade.

Em 1973, a AE Osvaldo Cruz chegou à segunda divisão do Campeonato Paulista.

AE Osvaldo Cruz 1973

AE Osvaldo Cruz 1973

Mas, em 1987, o time abandona o futebol devido a grandes dívidas, deixando o Estádio Municipal sendo usado somente para jogos de futebol amador .

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Somente em 2004, a cidade voltou a ter uma equipe de futebol com a fundação do Osvaldo Cruz Futebol Clube. O time voltou na última divisão, a série B1-B, a quinta divisão do Campeonato Paulista.

Já em 2005, o Osvaldo Cruz Futebol Clube consegue o acesso à série A2 (segunda divisão) do Campeonato Paulista, igualando o feito da Esportiva em 1973.

Para jogar a A2, foi necessário ampliar o estádio com a construção de mais um lance de arquibancadas, chegando à capacidade total de 15.000 pessoas.

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

NA reforma de 2010, ganhou um espaço para cadeirantes:

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

As arquibancadas cobertas estão muito bem cuidadas!

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

O banco de reservas:

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

O placar ainda indica o último resultado…

Ah, e não tente dar bicicletas no campo…

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Um último alento…

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

E hora de ir embora!

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

 

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

Um último registro, e missão cumprida!

Estádio Municipal Breno Ribeiro do Val - Osvaldo Cruz FC

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Rolê 2018 pelo interior paulista: Quintana (parte 7 de 27)

brasão quintana

A 7a parte do nosso rolê nos trouxe à Quintana!

Lembramos que já passamos por Lençóis Paulista, Agudos, Gália, Garça, Vera Cruz e Oriente, sem contar os dois jogos que já descrevemos em Andradina e em Tupã.

Em Quintana vivem cerca de 6 mil pessoas atualmente e a cidade está repleta de casas antigas, com uma arquitetura e histórias de outros tempos, quando tudo parecia ser mais fácil e mais simples (e provavelmente mais legal).

Quintana

Quintana

Segundo nossos informantes o lado esquerdo dessa rua é o chamado “calçadão” e vive cheio de gente nas noites de Quintana:

Quem gosta de fotos antigas sobre a cidade, pode acompanhar a fan page “Amo Quintana“. Eles sempre publicam fotos antigas da cidade!

Quintana

Quintana

Ainda dá pra se encontrar bastante gente sentada nas calçadas, longe da loucura das grandes cidades,

Quintana

A igreja também estava em alta durante nossa visita, graças aos tapetes de rua enfeitados.

Quintana

Nosso objetivo era conhecer e registrar em imagens o  Estádio Municipal Orides Nunes da Silva, onde o Comercial FC mandava seus jogos.

O Comercial FC representou a cidade em uma única disputa de campeonatos paulistas, pela quarta divisão, em 1966. Essa é considerada por alguns estudiosos a data de fundação do Comercial FC, porém, a fanpage “Amo Quintana” apresenta esta foto datada de 1948, com um time descrito como “Comercial da Vila de Quintana”. Será o embrião do Comercial FC?

Não sei se a gente que bobeou ou se realmente não existe mais essa entrada com o nome do estádio, mas para registrar estou usando essa foto que encontrei na Internet (o autor está indicado ali no canto dela mesmo: Fábio Vasconcelos):

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva

E lembro que o Almanaque do Futebol Paulista (a bíblia de quem ama o futebol paulista) apresenta essa foto da fachada do estádio, ainda nas cores do Comercial FC (vermelho e branco):

Provavelmente a atual fachada foi pintada (se você olhar, essa foto que fizemos é quase do mesmo lugar e agora a cor predominante é o verde):

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva

De qualquer forma é aí, no Estádio Municipal Orides Nunes da Silva que o Comercial FC mandou seus jogos na 4a divisão.

Estádio Orides Nunes Silva - Quintana

Que tal uma olhada na parte interna do estádio?

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Aqui, uma placa indicativa mostra que houve uma reforma nos últimos anos.

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

E pode se perceber que o estádio está realmente muito bem cuidado!

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

No dia da nossa visita, estava rolando uma partida do amador.

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Comercial de Quintana

O estádio tem capacidade para cerca de 2 mil pessoas e possui até um bom espaço coberto.

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Em campo a rapaziada se dedicava em busca da vitória!

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Os bancos de reserva são um pouco diferente dos tradicionais, mas estão presentes!

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

Um último olhar antes de irmos embora e seguir nossa viagem!

Estádio Municipal Orides Nunes da Silva - Quintana

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!

Rolê 2018 pelo interior paulista: Oriente (parte 6 de 27)

Não perca a conta!

Essa é a sexta parte do nosso rolê pelo interior paulista, realizada no feriado de corpus christi de 2018.

Já passamos por Lençóis Paulista, Agudos, Gália, Garça e Vera Cruz, sem contar os dois jogos que já descrevemos em Andradina e em Tupã.

Agora, seguimos pela SP-294 (a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros) chegamos a Oriente!

Oriente

Oriente

Oriente

oriente sp

oriente

oriente

Segundo o censo do IBGE de 2010, pouco mais de 6 mil pessoas vivem em Oriente. E, claro, vale lembrar que o cidadão ilustre de Oriente é… o goleiro Marcos! Que inclusive começou sua carreira no time do CA Lençoense!

Marcos - CA Lençoense

A cidade teve dois times disputando competições oficiais pela Federação Paulista.

O primeiro deles foi o Grêmio Recreativo Usina Paredão FC, time fundado em Oriente em março de 1938.

distintivo do usina paredao fc

O time ficou conhecido por ter se sagrado campeão amador do interior em 1961, com a equipe abaixo:

Estádio da Usina Paredão

Eles mandavam seus jogos no Estádio da Usina. O amigo Biano, responsável pela ótima fanpage das Memórias da Usina Paredão, me arrumou algumas imagens da época pra se ter uma ideia de como era:

estádio da usina paredão - oriente

Estádio da Usina Paredão - Oriente-SP

Estádio da Usina Paredão - Oriente-SP

Tem até registro da torcida:

Torcida do Usina Paredão FC

Torcida do Usina Paredão FC

Aqui, algumas outras formações do time da Usina:

time do usina paredao fc

Usina Paredão FC

Usina Paredão FC

Usina Paredão FC

E pra fechar em grande estilo… A camisa do Grêmio Usina Açucareira Paredão:

Camisa da Usina Paredão Oriente

Também conseguimos umas fotos atuais (junho/2018) de lá da Usina:

Usina Paredão - Oriente

Usina Paredão

Usina Paredão

O caminho para chegar lá é lindo!

Oriente

Só não ficou 100% claro se esse campo que ainda está lá é o mesmo onde eles jogavam…

Estádio da Usina Paredão

Estádio Usina Paredão

A Usina hoje está se transformando em uma espécie de unidade recreativa, mas ainda mantém lindos espaços:

O segundo time da cidade é o Oriente FC:

Distintivo Oriente FC

Olha aí uma camisa:

Mas, nos primeiros anos do time, seu distintivo e cores eram diferentes, como se pode ver nessa foto histórica, de 1945:

distintivo original oriente fc

Oriente FC 1945

Aqui, o time juvenil:

oriente fc

O Oriente FC foi fundado em 1944 e mandava os seus jogos no Estádio Municipal Max Wirth.

Estádio Municipal Max Wirth

Estádio Municipal Max Wirth

Estádio Municipal Max Wirth

Estádio Municipal Max Wirth

Como era feriado, o estádio estava fechado e dessa vez nenhuma parede quebrada para dar acesso ao campo…

Estádio Municipal Max Wirth

Estádio Municipal Max Wirth

Será que o único jeito seria …

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Até fizemos algumas fotos daí, mas … seria frustrante se todo nosso esforço fosse se resumir a essas fotos mal feitas com pouco ângulo…

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Mas, como muitos outros estádios do interior paulista, o Estádio Max Wirth também tem um administrador que mora ao lado do estádio e gentilmente nos acompanhou em nossa visita, permitindo o registro do interior do estádio.

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Então… vamos lá!

As arquibancadas do Max With tem capacidade para 5 mil espectadores e tem até um charmoso espaço coberto.

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

O estádio foi palco do time local em sua única aventura pelo futebol profissional em 1932 pela quarta divisão do Campeonato Paulista.

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Os bancos para reservas seguem muito bem cuidados.

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Achei até uma foto do José Rico (da dupla Milionário e José Rico) jogando um amistoso pelo time:

camisa do Oriente FC

Gosto desses tuneis de acesso, por onde os times entravam em campo para serem recebidos por sua torcida…

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente
Se você quer ter uma idéia geral do campo e do seu belo gramado, aí está:

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

E o ponto “místico” dessa visita… Conhecer o gol da cidade onde o goleiro Marcos nasceu…

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Missão cumprida! Estádio registrado e mais um time para compor a história do futebol que dia a dia povoa a nossa mente.

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Como sempre, não custa sonhar em uma bezinha sendo jogada no estádio municipal futuramente…

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Hora de dizer adios em grande estilo e seguir viagem!

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!

Rolê 2018 pelo interior paulista: Vera Cruz (parte 5 de 27)

brasão de Vera Cruz - SP

Depois de conhecermos os estádios de Lençóis Paulista, Agudos, Gália e Garça é hora de conhecer a cidade de Vera Cruz e seu estádio!

Vera Cruz

Vera Cruz é bastante conhecida pelos seus tapetes enfeitados nas ruas centrais da cidade, e não é que era justamente a época de vê-los?

tapetes Vera Cruz

Vera Cruz

Tapetes de Vera Cruz

Tapetes de Vera Cruz

Além disso, a cidade ainda possui algumas obras com arquitetura do século passado.

Vera Cruz

A cidade permanece cortada pela linha do trem do tronco oeste da Paulista, aberta em 1928, no trecho Garça-Marília. Em 1979, porém, a estação foi fechada e servia apenas como ponto de parada.

Vera Cruz

Vera Cruz

Sua população estimada em 2004 era de 11.107 habitantes.

Vera Cruz

Tem até uma Avenida Paulista por lá…

Vera Cruz

A cidade ainda possui a tranquilidade típica das pequenas cidades do interior paulista.

Vera Cruz

Mas nosso objetivo era conhecer o Estádio Municipal.

Estádio Municipal Vera Cruz

O Estádio Municipal foi a casa de três times da cidade na disputa das divisões de acesso do Campeonato Paulista.

O primeiro deles, foi o EC Municipal, que embora tenha sido fundado em 1943 (13 anos depois do Vera Cruz FC) profissionalizou-se antes, reforçando a rivalidade entre os dois times.

O time disputou duas vezes a terceira divisão do Campeonato Paulista: em 1958 e 1959, olha o time da época aí:

EC Municipal 1958

Além disso, alguns estudiosos locais dizem que a partir da disputa profissional em 1958, o Estádio passou a ser chamado de Estádio Paulo Guerreiro Franco.

O EC Municipal jogou ainda a 4ª Divisão em 1960, 1965 e 1966. Esse é o time da época:

EC Municipal 1967

O segundo time a disputar competições oficiais da Federação Paulista no Estádio Municipal era o tradicional Vera Cruz FC.

Aqui, o time de 1941, na época ainda limitado ao amador:

O Vera Cruz Futebol Clube foi fundado em 1930, mas só em 1965 disputou uma competição oficial da Federação Paulista:  o Campeonato Paulista da 4ª Divisão.

O Estádio Municipal ainda viu o Vera Cruz FC participar da competição em 1966, com o time abaixo:

Vera Cruz FC 1966

Em 1967, o impossível aconteceu: a rivalidade deu lugar à união, e o Vera Cruz FC se fundiu com o Esporte Clube Municipal, dando origem ao Clube Atlético Veracruzense.

Dessa forma, o CA Veracruzense se tornou o terceiro time a mandar jogos oficiais no Estádio Municipal, pela terceira divisão em 1967 e 1968.

Veracruzense

Enfim… Entenderam a importância desse Estádio para a população local?

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

O quanto essa bilheteria já foi ativa nas divisões de acesso…

Estádio Municipal Vera Cruz

Bom, vamos dar uma olhada em como está o campo atualmente:

É uma pena pensar que dificilmente a cidade verá a curto prazo o retorno do futebol profissional ao Estádio Municipal…

Estádio Vera Cruz

Depois de ver algumas fotos e conversar com algumas pessoas fiquei em dúvida se essa estrutura para a cobertura é um plano pro futuro ou se foi o que restou de um passado (ou seja, se já existiu uma cobertura nessa parte que acabou sendo vencida pelo tempo).

Estádio Municipal Vera Cruz

É bonito essa mistura da natureza com o campo, tendo as árvores ao fundo.

Estádio Municipal Vera Cruz

O campo ainda está bem cuidado, com exceção desse matagal ao redor do campo.

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

Até a lanchonete teria espaço pra voltar a ativa!

Estádio Municipal Vera Cruz

Uma parte do muro cedeu (ou foi derrubada) e acabou se tornando uma entrada “quase oficial”.

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

Saímos com a missão cumprida em registrar mais um templo!

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

Estádio Municipal Vera Cruz

 APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!

Rolê 2018 pelo interior paulista: Garça (parte 4 de 27)

Garça

Novamente na estrada, mais um horizonte que se abre. Uma nova cidade a se conhecer, um estádio a ser registrado, e dessa forma tentamos incentivar as pessoas a se unirem em torno dos times que as representam verdadeiramente.

Chegamos à quarta etapa do nosso projeto de 2018: a cidade de Garça!

brasao de Garça

Garça

A cidade fica entre Bauru e Marília e cresceu graças ao cultivo de café, nos séculos passados. Atualmente, 44.582 pessoas vivem na cidade.

Garça

Garça

Garça

Nosso objetivo era conhecer o Estádio Municipal Frederico Platzeck, onde o Garça FC manda seus jogos.

O Garça FC representa o retorno da cidade ao futebol.

Pelo que tudo indica, ano que vem o time disputará a série B do Campeonato Paulista, no Frederico Platzeck!

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Até para possibilitar essa disputa, a cidade está correndo para desfazer a interdição do estádio, por isso, o reformaram e pintaram a fachada.

Ficou lindo, mas… perdeu a inscrição com o nome do estádio e eu acho isso tão legal… Veja como era:

Estádio Municipal Frederico Platzeck

E como ficou:

Claro, ficou novo, mas… espero que as autoridades locais completem a obra inserindo o nome do estádio no lugar onde costumava ficar.

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Falando um pouco da riquíssima história do futebol, o primeiro time da cidade, na década de 20, era o Comercial Futebol Clube, cujo campo ficava em Labienópolis, depois transferido para a Vila Vicentina, onde ficou até 1932, quando enfim foram para o Estádio da Vila Willians.

Nesse mesmo ano de 1932 surgiu o Garça Futebol Clube.

Logo, o time ganharia um rival local o: Bandeirantes Futebol Clube.

bandeirantes fc

Nos anos de 1950, surgiu uma outra equipe com o nome Bandeirantes: a Associação Atlética Bandeirantes. Essa equipe disputou o Campeonato Paulista de Futebol da Terceira Divisão em 1956 e em 1958.distintivo aa bandeirantes

Em 1942, houve uma fusão entre o Garça Futebol Clube e Bandeirantes Futebol Clube dando origem ao Clube Atlético Brasil. Mas, já no ano seguinte, o time voltou a se chamar Garça, mas agora “Esporte Clube”.

O Garça EC debutou na Segunda Divisão de 1950 até 1960 (ficando de fora em 1953). De 1961 a 1964, afasta-se.

O Garça FC voltaria a ser usado em 1965, permanecendo até os dias atuais, passando por diferentes distintivos entre suas idas e vindas.

Garça FC

No ano seguinte, em 1966, o Estádio Municipal Frederico Platzeck foi inaugurado com um jogo frente ao São Paulo F.C. e veja como ficou cheia a arquibancada:

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Em 1969 sagra-se campeão da Terceira Divisão, retornando para a Segundona, o time contava com o goleiro Waldir Perez:

Esse é o time de 1976:

Garça FC 1976

Aqui, o de 78:

Esse foi Aqui, o time de 1984 que levou o time de volta à A2:

Esse é o time de 89 que jogou a A2:

Mas… Voltemos ao presente… Ao Estádio Municipal Frederico Platzeck.

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Mais uma vez presente em uma bilheteria!

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Vamos entrar pra conhecer melhor!

Lá dentro, as coisas parecem estar sendo cuidadas, ainda que existe um pouco de mato alto:

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Estádio Municipal Frederico Platzeck

É bem provável que em 2019, já tenhamos times profissionais adentrando ao gramado para mais uma batalha na bezinha!

Estádio Municipal Frederico Platzeck

A arquibancada deve receber mais um trato antes disso…

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Mas ele está aí… Mais um templo do futebol paulista com muita história e se tudo der certo, com muito futuro!

Estádio Municipal Frederico Platzeck

 

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Estádio Municipal Frederico Platzeck

As rádios também deverão voltar a narrar a emoção…

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Aqui é a parte coberta do estádio:

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Mas ainda existe todo o anel em torno do estádio:

Estádio Municipal Frederico Platzeck

E a arquibancada lateral descoberta. Provavelmente vão caber mais de 5 mil torcedores no estádio!

Estádio Municipal Frederico Platzeck

E no gol…

Estádio Municipal Frederico Platzeck

Estádio Municipal Max Wirth - Oriente

Missão cumprida, hora de ir embora!

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Torcendo para podermos voltar e acompanhar uma partida oficial em 2019.

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

O banco de reservas está aguardando..

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Até os mascotes do estádio estão animados…

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

Pra terminar… Tente não chorar assistindo o documentário sobre o Estádio:

Estádio visitado, hora de almoçar para voltar à estrada para nossa próxima parada!

Estádio Municipal Frederico Platzeck - Garça

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!

Rolê 2018 pelo interior paulista: Gália (parte 3 de 27)

galia

A 3a parte do nosso rolê (que já registrou os estádios de Lençois Paulista e Agudos) chega à cidade de Gália, onde vivem atualmente pouco mais de 7 mil pessoas.

galia

Gália é uma pequena e simpática cidade do interior de São Paulo, na região de Bauru.

galia

Sempre fiquei empolgado em conhecer a cidade homônima daquela onde vivem Asterix e seus companheiros de aventuras.

gália- asterix

Uma curiosidade um tanto… “macabra” é que na cidade vivem, ou melhor…. não vivem… mais mortos do que vivos… Deu pra entender?? É que tem mais gente enterrada no cemitério (pouco mais de 16 mil) que seus 7 mil habitantes. Curioso, né? Se você quiser saber mais, o site G1 fez uma matéria sobre isso, confira aqui.

Mas, não… Não fomos até lá, fazer fotos do cemitério.

Nos limitamos a registrar algumas ruas da cidade, entre elas estas próximas do estádio. (Não que também não seja no mínimo curioso essa rua com árvores no meio, sem calçada…).

Galia

galia

E, curiosidades a parte, fomos enfim conhecer e registrar o Estádio Municipal Mansur Nora.

Estádio Municipal Mansur Nora

Embora a cidade seja pequena, ele fica afastado do centro, no limite da cidade com a área rural. A frente dele fica em uma bucólica rua de paralelepípedos.

Estádio Municipal Mansur Nora

Estávamos animados, para cumprir mais uma etapa planejada. Lá está a Mari em frente a mais uma bilheteria.

Estádio Municipal Mansur Nora

Estádio Municipal Mansur Nora

Deu até pra fotografar a placa que informa sobre a inauguração do estádio em 14 de abril de 1953 (ainda que na verdade esteja escrito 953…):

Mas o desespero apareceu quando percebemos que não tinha jeito de entrar. Estava tudo fechado.

Estádio Municipal Mansur Nora

Pra não perder viagem, decidimos contornar o estádio.

Estádio Municipal Mansur Nora

E acabamos chegando na parte de traz dele que já está na área rural da cidade.

Estádio Mansur Nora - Galia

Dali, pudemos finalmente acessar o estádio e ver como está a parte de dentro dele.

Estádio do Gália

Gália

O Estádio Municipal Mansur Nora além de receber as diversas competições do futebol amador da cidade e região, também foi a casa do Gália EC em sua única aventura no futebol profissional, na terceira divisão de  1966.

O Gália EC, o “Leão da Alta Paulista” foi fundado em fevereiro de 1949 e atualmente parece ainda existir disputando competições amadora em seu estádio.

A arquibancada coberta e a iluminação mostram que se um dia o Gália EC quiser voltar ao profissionalismo, as coisas não estão tão distantes…

Estádio Mansur Nora - Galia

Até porque ainda existe espaço pra criar uma nova arquibancada na outra lateral do campo.

Estádio Mansur Nora - Galia

Dando uma olhada no campo, dá pra ver que está sendo bem cuidado.

Estádio Mansur Nora - Galia

Estádio Mansur Nora - Galia

Estádio Mansur Nora - Galia

Ao lado dele fica o ginásio municipal.

Estádio Mansur Nora - Galia

O ginásio dá um visual diferente ao campo, e como não fiz nenhuma foto, uso a dos amigos do Jogos Perdidos (que também já estiveram por lá) pra se ter uma idéia de como é a vista do outro lado:

E assim, damos por cumprida nossa missão de registrar mais um templo do futebol pelo interior paulista!

Estádio Mansur Nora - Galia

E vamos em frente, para a 4a parte da nossa jornada!

Gália

gália

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!

Rolê 2018 pelo interior paulista: Agudos (parte 2 de 27)

Dando sequência ao nosso rolê, após falarmos sobre nossa visita à Lençóis Paulista (veja aqui como foi) vamos descrever como foi conhecer a cidade de Agudos!

A cidade é vizinha a Lençóis Paulista, então foi bem fácil chegar lá!

Nossas boas vindas foram dadas via placas e também com as ruas floridas!

Também deu tempo pra dar uma olhada nas ruas do centro…

Vale lembrar que em Agudos vive uma população estimada em 38 mil pessoas.

Os tapetes de rua, típicos do feriado de Corpus Christie também estavam presentes em frente à Igreja matriz:

Mas nosso objetivo era conhecer e registrar o Estádio Municipal Renato Pardin!

Uma bilheteria a mais em nossa coleção!

O estádio fica na Rua José Antônio, na região central de Agudos.

O Estádio Renato Pardin é a casa do Agudos EC, o Fantasma do interior.

O Agudos Futebol Clube foi fundado em 1 de janeiro de 1911 e teve seu grande momento em 1958, quando disputou seu único campeonato paulista na 3° Divisão, mandando seus jogos no Estádio local.

Segundo a placa local, a capacidade do estádio é de apenas 580 pessoas

O time, que parecia estar extinto, me deu esperanças, pois durante nossa visita estava rolando uma partida das categorias de base e dá uma olhada na camisa do menino:

O estádio está muito bem cuidado, dê uma conferida geral:

A arquibancada coberta, mantém um charmoso estilo oldschool!

O gramado um pouco seco pela falta de chuva, mas também bem cuidado.

Vale lembrar que além da disputa no profissional de 1958, em 1953, o time foi vice campeão do Campeonato Paulista do Interior Amador ( perdeu a final para o EC Santa Sofia, de Pedreira).

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!