Estádios do Noroeste Paulista – Parte 10: Santa Fé do Sul

Brasão da Estância Turística de Santa Fé do Sul

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

Sim, a estrada é longa, mas não tão deserta…

Depois de tantas horas dirigindo, chegamos a uma das últimas cidades do estado de São Paulo na direção Noroeste, sentido Mato Grosso do Sul: falamos de Santa Fé do Sul, uma estância turística que é tão bacana e surpreendente quanto longe, estávamos a mais de 650 km de casa!

Santa Fé do Sul

A cidade possui uma população de pouco mais de 30 mil habitantes, que vivem bem por suas ruas largas, várias praças temáticas e monumentos que contam sua história e cultura em plena rua.

Santa Fé do Sul

Santa Fé do Sul

Pelo que pudemos ler, trata-se de uma cidade de clima quente, com sol na maior parte do ano, aumentando ainda mais a ideia de qualidade de vida e sossego do interior.

Santa Fé do Sul

Você pode passear pelo parque das Águas Claras, Mata dos Macacos, museu a céu aberto ou se divertir entre um barzinho e outro.

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

Ah, e claro, tem a igreja da cidade!

Santa Fé do Sul

Nosso objetivo era conhecer o estádio onde o time local mandava seus jogos, e esse time era o Santa Fé F.C.:

Santa Fe FC.png

O Santa Fé Futebol Clube atualmente está licenciado do futebol profissional, mas desde sua fundação, em 8 de março de 1966, até sua última participação (na 4a divisão de 1994) foram 15 participações no Campeonato Paulista de Futebol.

Nesse tempo todo, mandou seus jogos no Estádio Municipal Evandro de Paula, que infelizmente não tem mais uma identificação visual que o caracterize…

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

Mas, o estádio segue vivo, firme e forte, vamos conhecê-lo melhor?

Suas arquibancadas têm capacidade para cerca de 3.500 torcedores.

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

O gramado está muito bem cuidado, para a alegria dos times amadores que utilizam o campo.

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

Ficamos orgulhosos em poder vivenciar alguns minutos nesse local que já gerou tanta energia e alegria para a população local.

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

Que as portas sigam abertas para os times, as torcidas….

Estádio Municipal Evandro de Paula - Santa Fé do Sul

E que as estradas também estejam prontas pra nós e sempre nos tragam novas amizades, experiências e permita dividir a felicidade que encontramos com aqueles que conhecemos!

ESTRADA

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 9: Votuporanga Newschool

Votuporanga

Depois de tanto chão rodado, dormimos em Votuporanga, para conhecer um pouco mais dessa cidade tão legal! Antes, um belo café da manhã no nosso hotel!

Novo estádio do Votuporanguense

Infelizmente, não conseguimos encontrar nosso amigo Emerson, do Votonews, que conhecemos lá na final da A3 (veja aqui como foi aquela aventura!).

Votu News

Nossa meta para esse segundo dia na cidade era conhecer o futuro do futebol local, o novo estádio (ainda em construção) do Votuporanguense. E lá fomos nós!

 A expectativa da cidade é alta, segundo o prefeito Junior Marão, o novo estádio será similar às arenas de Palmeiras e Corinthians. E vamos ver as obras!

Novo estádio do Votuporanguense

Novo estádio do Votuporanguense

O local das obras fica numa área do outro lado da estrada Euclides da Cunha, num lugar que está recebendo inclusive obras para facilitar o acesso ao futuro estádio.

Novo estádio do Votuporanguense

Pra chegar no local onde está sendo construído o estádio, tivemos que parar bem antes, no último lugar onde um carro consegue chegar antes de ser bloqueado pelas máquinas.

Novo estádio do Votuporanguense

Ainda é difícil enxergar o clima de futebol, em meio a tanta movimentação.

Novo estádio do Votuporanguense

Mas, chegando mais perto, podemos encontrar a nova casa do Votuporanguense sendo levantada! E é uma grande emoção para a apaixonada torcida local.

Novo estádio do Votuporanguense

Pra não dizer que não ajudei, ta aí um pouco do meu esforço pra colocar de pé a nova casa do Votuporanguense!

Novo estádio do Votuporanguense

Já existe um lance quase completo que ficará atrás do gol. E imaginando que essa estrutura poderá estar ao redor de todo o campo, a impressão é que estamos falando de uma capacidade para quase 20 mil pessoas!

Novo estádio do Votuporanguense

Aqui dá pra ver mais de perto esse lance que já está de pé:

Novo estádio do Votuporanguense

Novo estádio do Votuporanguense

O Estádio deverá ser chamado de Arena Plínio Marin, mantendo a homenagem a quem doou os terrenos do antigo estádio. Você já consegue imaginar o campo verdinho ali no meio?

Novo estádio do Votuporanguense

Em uma das laterais já estão erguidas as estruturas da futura bancada.

Novo estádio do Votuporanguense

Lá embaixo, o campo ainda aguarda os tapetes de grama.

Novo estádio do Votuporanguense

Assim, cumprimos nosso ciclo em Votuporanga, mostrando o estádio usado até 2015 e o futuro campo da Votuporanguense!

Novo estádio do Votuporanguense

E nós, seguimos por aí…

Novo estádio do Votuporanguense

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 8: Votuporanga Oldschool

Brasão de Votuporanga

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

A estrada segue… Agora, chegamos à Votuporanga, cidade muito bacana e bem estruturada. Lá vivem cerca de 90 mil pessoas.

Igreja - Votuporanga

Vale citar que antes de entrar na cidade demos uma parada em uma lanchonete na beira da estrada Euclides da Cunha, de propriedade do simpático casal Elivelton e Danúbia!

2015-07-09 16.04.38

Votuporanga

Já na cidade, demos a sorte de ser uma quinta feira, quando ocorre uma tradicional feira na praça São Bento, até altas horas da noite…

Feira de Votuporanga

Feira de Votuporanga

E lá vamos nós experimentar novas delícias!

Feira de Votuporanga

Feira de Votuporanga

A fonte estava desligada pela manhã, mas quando voltamos à noite, estava funcionando!

Votuporanga

Nossa missão era conhecer o Estádio Municipal Plínio Marin, onde o Votuporanguense mandou seus jogos até este ano,

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

O Clube Atlético Votuporanguense, também conhecido como CAV é um time recente, fundado em 11 de dezembro de 2009.

Distintivo do CA Votuporanguense

O mascote do CAV é uma pantera negra!

Mascote do Votuporanguense

O time nasceu para substituir a Associação Atlética Votuporanguense, fundada em 23 de dezembro de 1956 e que teve 36 participações no Campeonato Paulista de Futebol, sendo considerada a agremiação mais tradicional de sua região.

Ficheiro:AA Votuporanguense.png

Pesquisando o site da torcida TURA (Torcida Uniformizada Raça Alvinegra), encontrei algumas imagens históricas incríveis.

Essa, do time de 1960:

Votuporanguense de 1960

Aqui, o time de 1964:

AA Votuporanguense 1964

E aqui, o de 1985:

Votuporanguense de 1985

Bom, após relembrar um pouco da história, vamos enfim conhecer o Estádio Municipal Plínio Marin, palco histórico do futebol da cidade.

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

O Estádio fica na região central da cidade, na Rua das Américas, em um bairro bastante residencial.

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

A parte externa do estádio ainda carrega a identificação do time. E digo ainda, porque o estádio está com seus dias contados…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

A empresa Morini Incorporadora, Comércio e Construções Ltda foi a única participante na licitação para a venda do terreno em que está localizado o Estádio Municipal Plínio Marin. A licitação foi regida pela modalidade Concorrência, do tipo maior oferta, e, segundo a imprensa local, a proposta apresentada pela empresa foi de R$ 3.403.000.

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Pra piorar, devido à venda, o estádio está fechado, ou seja… Nada de fotos lá dentro….

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Porém… Além de servir de sede para o time, o estádio é também a casa de um senhor, que muito gentilmente, nos permitiu conhecer a sua casa e … um pouco do que foi por tantos anos a casa do Votuporanguense.

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

E lá fomos nós… Mas, advertimos, cuidado pois as cenas a seguir são muito fortes para os apaixonados pelo futebol do interior…

Logo na entrada, já pode se ver os antigos alojamentos a esquerda, sem telhado…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Ao adentrar um pouco mais, encontramos as arquibancadas, já sem refletores e sem vida…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Algumas partes já pré destruídas, com os tijolos a mostra, como vísceras de um gigante ser vivo, que até o mês passado ainda pulsava em vida…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Plínio Marin foi um dos primeiros moradores de Votuporanga. Foi ele quem comprou e doou a área para construção do Estádio Plínio Marin, que seria inaugurado em 22 de julho de 1975 (curiosamente, hoje, dia em que escrevo esse post seria aniversário de 40 anos do estádio, e é aniversário de 65 anos do meu pai).

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

O estádio possuía uma capacidade de 7.464 torcedores.

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Quando estivemos em Taubaté, assistindo a final da série A3 entre o time local e o Votuporanguense, decidi que era uma questão de honra visitar o estádio antes de sua demolição final… E aí esta a foto!

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Mais que isso, ainda pude presenciar os momentos finais, me despedindo, mesmo sem jamais ter visitado antes esse templo sagrado do futebol!

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

O gramado já começa a ir embora também…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Mesmo entendendo todas as razões que justificam a venda do estádio, é impossível não sentir certa dor no coração ao ver imagens como essas…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Dá pra imaginar quantos gols e quantas alegrias foram vivenciadas entre essas traves…

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Fica aqui o nosso adeus a mais um campo que marcou a história do futebol paulista por tantas décadas e vai-se embora para dar lugar a mais um empreendimento imobiliário.

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

 APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Estádio Municipal Plínio Marin - Votuporanga

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 7: Tanabi

Brasão de Tanabi

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

A sequência da nossa viagem nos levou à incrível cidade de Tanabi, município com quase 25 mil habitantes e um grande orgulho: o Tanabi Esporte Clube.

Distintivo do Tanabi EC

Para quem gosta de futebol alternativo, o Tanabi é uma dádiva! Nos últimos anos, tem investido em agressivas ações de marketing, tentando resgatar sua torcida e conquistar maior notoriedade.

Essas ações incluíram as contratações de atletas experientes como Viola, Cabañas, Túlio Maravilha Marco Antonio Boiadeiro e até irmãos de atletas consagrados (como Paulo Henrique Ganso e Anderson Silva).

Viola no Tanabi

Cabañas no Tanabi

Túlio Maravilha no Tanabi

O time foi fundado em 18 de dezembro de 1942 e ainda que nunca tenha alcançado a elite, já disputou várias edições do Campeonato Paulista, desde 1956, quando se profissionalizou.

O Tanabi manda seus jogos no Estádio Municipal Alberto Victolo.

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

O Estádio, também conhecido por Albertão, pertence à prefeitura municipal e tem capacidade para 11.617 torcedores.

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

O nome é  uma homenagem ao ex-prefeito de Tanabi, Alberto Victolo que foi prefeito por três vezes e veio a falecer em março de 2015.

Ex-prefeito de Tanabi Alberto Victolo

E aí está o campo do Tanabi!

O estádio fica na Rua Júlio Soares Bonfim bem próximo da entrada da cidade pela Rodovia Euclides da Cunha.

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Mais um estádio, mais uma bilheteria visitada!

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Atualmente, é aí que o time disputa a Série B (Quarta Divisão do Campeonato Paulista).

Que tal conhecer o campo?

O site do time é www.tanabiec.com.br e o face: www.facebook.com/tanabiec  .

Logo em seu primeiro ano de profissional, tornou-se campeão da Terceira Divisão (atual A3). E era assim que os batedores de escanteio olhavam a área, já naquela época.

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

O título foi só o começo, entre 1973 e 1998, teve 24 participações seguidas e nos anos 80, se aproximou várias vezes do acesso à elite do futebol paulista. Esse foi o time vice campeão da terceirona de 1980:

Tanabi - 1980

A Mari até tentou fazer um teste físico pra ver se entrava no time…

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

O gramado segue muito bom. E aqui pode ser ter uma visão geral do campo, em três olhares:

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

O mascote do Tanabi é o Índio da Noroeste:

 http://www.timesdelbrasil.com.br/SP/mascote_tanabi-sp.jpg

Sem Túlio e Cabañas, tudo o que o Tanabi tem no banco é…

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

E o que dizer dessa charmosa arquibancada coberta?

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Aliás, arquibancada é o que não falta hein? Bonito esse estádio!

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Sentimos muito não termos assistido nenhum jogo do Tanabi nesse campo…

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Mas, ficamos muito orgulhosos de poder estarmos presentes em mais um estádio tão importante!

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Nada mal poder encontrar um souvenir pra levar pra casa, né?

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

E queremos sempre mais!

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Confesso que é difícil ir embora…

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

Que o Tanabi seja eterno!!!!

Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo - Tanabi

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 6: Bálsamo

Brasão de Bálsamo

Bálsamo

Saímos de Mirassol e finalmente conhecemos a SP-320, a Rodovia Euclides da Cunha.

Mas, nem bem andamos por ela e já entramos na primeira cidade da estrada: Bálsamo.

Bálsamo

Bálsamo é uma cidade muito bonita e também bem tranquila. Lá, vivem cerca de 8 mil pessoas.

Bálsamo

A praça da cidade, bem cuidada, cheia de árvores, sem dúvida um ambiente mais saudável do que vivemos nas grandes cidades.

Praça de Bálsamo

Bálsamo

A cidade está diretamente ligada ao agronegócio e consequentemente ao comércio e serviço.

Bálsamo

E ali está a igreja, característica do interior paulista.

Igreja - Bálsamo

Nossa meta era conhecer o estádio municipal, onde o Bálsamo F.C. mandou seus jogos na terceira divisão de 1986.

O Bálsamo F.C. foi registrado na Federação como Grêmio Recreativo e Esportivo Balsamense (GREB), já que para se inscrever no campeonato, era necessário estar ligado a algum clube. Assim, o Bálsamo F.C. mantido pela prefeitura da cidade, utilizava o GRE Balsamense, clube social, para regularizar sua inscrição.

A história do time se mistura à história do futebol da cidade, que fazia história desde muito antes de 1986, quando se oficializa o nascimento do Bálsamo F.C.

Aqui, o time infantil da cidade, de 1965, que manteve-se invicto por mais de 2 anos:

Infantil do Bálsamo FC

E o lugar que alimentava o futebol local era o Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira:

Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira
A construção do estádio foi finalizada em 1968, na época com capacidade para pouco mais de mil torcedores.

Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira

Com sua arquibancada de concreto armado e cobertura de alumínio, o estádio foi, na época, considerado um dos melhores da região.

Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira

O Estádio foi a casa do Bálsamo F.C. no campeonato de 1986, que viu o time local terminar a competição em 9º lugar do grupo marrom, em que também estavam as equipes do Olímpia, Guairense, SOREA Auriflama, União Potirendaba, Paulista Nhanbera, Riolândia, CA Nevense, Buritama e Monte Aprazível.

O GRE Descalvadense sagraria-se campeão da Terceira Divisão daquele ano.

Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira

O estádio passou por recentes reformas e agora possui uma capacidade para até 8 mil torcedores, entretanto, seguindo às tendências dos grandes estádios, transformou-se em um centro de exposições, reunindo eventos e shows no mesmo espaço destinado ao futebol.

Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira

Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira

Em tempos de diversão fácil e garantida, de celulares a preços módicos com internet e facebook disponíveis 24 horas por dia sei que dificilmente o futebol voltará a ter a força que teve outrora. Principalmente quando falamos de times de cidades distantes dos grandes centros urbanos. É uma luta contra o gigante, mas eu acredito!

 Estádio Municipal Manuel Francisco Ferreira

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 5: Mirassol

Brasão de Mirassol

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Chegamos à quinta parte da nossa tour de inverno pelos estádios do Noroeste Paulista e agora é a vez de conhecer a cidade de Mirassol, que está às margens da Rodovia Washington Luiz, após São José do Rio Preto.

Mas… Antes de chegar à cidade, fui desafiado por um vendedor de caldo de cana a tomar quantos copos eu quisesse por R$ 4. Resultado: cheguei à Mirassol com 1,5 Litros da mais pura glicose no corpo.

Caldo de cana na Washington Luiz

A cidade possui cerca de 57 mil habitantes e o nome “Mirassol” tem duas possíveis origens: uma por conta dos girassóis existentes na região e outra, porque a cidade está no ponto mais alto da região, ou seja, de onde se pode “mirar el sol” compreendeste hermano?

Olha aí a Igreja matriz da cidade:

Igreja Matriz - Mirassol

Mirassol também é “dividida” pela linha do trem (em alguns momentos, bem no meio da cidade).

Linha de trem - Mirassol

A Mari perdeu a mania de fotografar cemitérios, mas para resgatar um pouco dessa tradição, aí está o cemitério local:

Cemitério - Mirassol

Destaque para algumas construções antigas ainda presentes na cidade:

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Nossa visita à cidade era para conhecer e registrar o Estádio onde o Mirassol manda seus jogos.

Distintivo do Mirassol

O Mirassol é um time bastante tradicional, foi fundado no dia 9 de novembro de 1925 e desde 1951 disputa competições profissionais da Federação Paulista.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

O Estádio José Maria de Campos Maia fica na Avenida Lauro Luchesi e suas bancadas têm capacidade para 19.000 torcedores.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Vale lembrar que ele nasceu para substituir o Estádio Giocondo Zancaner, usado até então. Embora esquecido por muitos, suas arquibancadas ainda existem…

Estádio Giocondo Zancaner - Mirassol

Pra mim, o estádio lembra muito as canchas de alguns times argentinos.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Em frente o estádio está o tradicionalíssimo “bar do Almeida”, onde o pessoal costuma fazer o “esquenta” para os jogos.

Bar do Almeida - Mirassol

Bar do Almeida - Mirassol

O Mirassol teve o cuidado de manter na parte de baixo do estádio uma loja com os produtos do time, mas infelizmente em nossa visita, estava fechada.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Mais uma bilheteria ( e essa, das mais elegantes, hein?)

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Vamos lá!

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

A inauguração do campo aconteceu em 03 de Março de 1983 e o jogo de estreia foi contra a Jalense. Naquele dia, o torcedor do Mirassol viu uma vitória da sua equipe por 2×1.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

O estádio possui uma excelente estrutura e está em perfeito estado!

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

O gramado também está em ótimas condições.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Aqui dá pra ter uma ideia mais completa de como é o estádio:

Daria pra fazer muitas e muitas fotos, já que o estádio possui arquibancadas em todos os lados!

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Aqui, uma vista em 3 partes do gramado:

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Como eu sempre digo, é uma honra poder estar ali e oficializar mais um estádio tão importante para o futebol paulista!

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

 A campanha da série A2 de 2015 foi muito boa, o time acabou na quinta colocação e só perdeu o acesso à primeira divisão pelo saldo de gols.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Até pela boa campanha, a média do público neste ano foi de cerca de 2 mil pessoas, com destaque para o jogo contra a Ferroviária, onde mais de 5 mil pessoas estiveram presentes.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Ficamos contentes por ver que ainda existe vida e esperança, já que dos 5 primeiros estádios visitados (além de Mirassol, passamos por Ibaté, Taquaritinga, Pindorama e Uchoa) este é o primeiro que ainda mantém seu time em disputas oficiais.

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!

 

Estádio Municipal José Maria de Campos Maia - Mirassol

Estádios do Noroeste Paulista – Parte 4: Uchoa

Brasão de UchoaEstádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

E lá vamos nós para a 4a parte do nosso rolê, dessa vez na cidade de Uchoa, que fica também às margens da rodovia Washington Luiz, entre as cidades de Catanduva e Cedral, já na região de São José do Rio Preto.

Uchoa

A cidade possui cerca de 9.500 habitantes e seu nome é de origem basca e significa “lobo”.

Faltou fazer a foto da igreja, como fizemos nas demais cidades, então encontramos essa abaixo, no blog “Doramundo“:

Uchoa

Também encontramos neste site: www.estacoesferroviarias.com.br uma foto da estação de trem local:

Estação de trem - Uchoa

E mais uma vez pudemos conhecer novas pessoas, criar novas amizades e, principalmente, ouvir boas histórias sobre um lugar onde o tempo parece ter parado…

Amigos em Uchoa

Quem é nascido na cidade de Uchoa é o “Tupãnzinho”, jogador que fez história no Corinthians ao marcar o gol do título do primeiro Campeonato Brasileiro, conquistado em 1990.

O principal contraste para nós que somos do ABC é o trânsito. As ruas praticamente desertas, sem aquela tradicional loucura tão comum (infelizmente) no nosso dia a dia.

  Uchoa

Nossa meta na cidade era conhecer o estádio do time local, o Uchoa FC, fundado em 3 de janeiro de 1940.

Suas cores, seu escudo e o modelo do uniforme principal são uma homenagem ao São Paulo, da capital:

Uchoa FC

O clube teve seis participações das divisões menores do Campeonato Paulista de Futebol, mas nunca esteve na primeira divisão.

Aqui, uma imagem rara, do time de 1947:

Uchoa FC 1947

 Aqui, um outro momento do time, com o estádio ao fundo:

Uchoa FC

Encontramos na Internet uma foto de meados das décadas de 40/50, de uma faixa, exposta em São José do rio Preto convidando para um jogo contra o América:

América x Uchoa

 

Para aqueles que um dia pensam em ir ao estádio, ele fica no cruzamento da rua Ernesto Lainetti e da Av Eduardo Hidalgo:

Rua do Estádio Municipal em Uchoa

E, novamente encontramos com facilidade o nosso destino: o Estádio Municipal Leonildo João Birolli!

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Vamos conhecê-lo?

 Olhando um pouco de dentro do estádio, podemos encontrar as arquibancadas que tem capacidade para cerca de 3 mil pessoas.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

O gramado em ótimas condições, e árvores frondosas dispostas ao fundo do gol:

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

É sem dúvida um estádio que poderia estar recebendo jogos nos dias atuais…

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Os bancos de reserva num visual old school, trazendo de volta na nossa memória uma época em que o futebol tinha uma outra atmosfera…

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Mais uma vez, fica o sentimento de orgulho em poder registrar um estádio que já foi utilizado por várias vezes em disputas oficiais da Federação Paulista.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Isso porque o Uchoa FC disputou o Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 1948 a 1951, além de disputar a Terceira Divisão de 1980 e a Quarta Divisão de 1991.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Sua estreia no profissional, em 1948, na Segunda Divisão terminou como o lanterna da Série Branca, somando apenas 17 pontos. O time jogou contra Linense, Rio Preto, Noroeste, Bauru, Internacional de Limeira, Prudentina, Ferroviária de Botucatu, São Paulo de Araçatuba, América de S. José do R.Preto, Corinthians de Pres. Prudente, Bandeirante de Birigui, XV de Jaú e São Manuelense.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

No ano seguinte, em 1949, o Uchoa acabou como campeão da Série Ouro, indo para a fase final disputada com os  campeões das demais séries: Guarani, Linense e Batatais.

Infelizmente, o Uchoa ficou em último no quadrangular, perdendo o acesso para o Guarani. Além dos três finalistas, o Uchoa enfrentou Internacional de Bebedouro, São Paulo de Araraquara, XV de Jaú, Internacional de Limeira, Paulista de Araraquara, América de S. José do Rio Preto, Rio Claro, Velo Clube, Rio Preto, Ararense e Comercial de Limeira.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Nas duas temporadas seguintes, o Estádio Municipal Leonildo João Birolli presenciou campanhas regulares, sem conseguir se classificar para as fases finais.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Depois disso, o time ainda disputaria competições profissionais em 1980 (na terceira divisão) e em 1991 quando disputou um torneio qualificatório com AA Itararé, AA Ituveravense, Ranchariense, Beira-Rio de Presidente Epitácio, Embu-Guaçu, Operário de Tambaú, Flamengode Pirajuí, GE Atibaiense, GE Monte Aprazível, Guarani Saltense, Itaquaquecetuba, José Bonifácio e Auriflama.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Uma curiosidade bem diferente é que enquanto eu estava lé no alto da arquibancada fotografando, ouvi uns barulhos estranhos, parecia que tinha alguém morando nas cabines de imprensa e ….

Urubua no Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Assim, chegamos ao fim de mais uma aventura futeboleira, que nos levou a esse lindo estádio!

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Fica nossa torcida para que espaços como esse sejam cada dia mais valorizados pelas pessoas e quem sabe eternizados como lembrança de um tempo que não deve voltar mais…

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Demos a volta no quarteirão do estádio e voltamos para a estrada, rumo à Mirassol.

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Estádio Municipal Leonildo João Birolli - Uchoa

Em companhia do Guaraná Jaboti, incrível sabor! (sei que parece, mas não, não é um merchandising, a menos que alguém do Jaboti queira nos patrocinar)

Guaraná Jaboti

APOIE O TIME DA SUA CIDADE!!!